MUNDO NOVO

 

“MUNDO NOVO”

 

 

Fiz do tempo um aliado

Busquei forças

Onde menos pensava encontrar

Para aliviar males

Que me assaltavam a mente.

 

No fazê-lo aliado

Trouxe para dentro de mim

Belos pensamentos

Que me transpunham para lugares

Onde jamais havia pisado.

 

Comecei a aprender com a vida

O que ela nos reserva em momentos cruciais

Para que depois, passados longos tempos,

Pudesse me refazer desses males.

 

Tentei encontrar repostas

Que muitas vezes me jogavam

De encontro aos meus princípios

Mas que me punham sempre alerta

Para os revezes da vida.

 

Assim, aliei-me ao tempo,

Conquistei espaços,cresci,aprendi

E comecei a viver novamente

Numa vã esperança de ver meu mundo novo

Transformar-se num novo mundo.

 

 18-11-98

 

 Júlio Cesar  -  JC BRIDON

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP