Poesias

Na ciranda da vida

Na ciranda da vida

... Pois na ciranda dos dias

almas expostas nas janelas

da vida...........

Nossas mãos se perceberam,

e agora dançam, entrelaçadas, ao som

de uma canção inebriante,

só entendida pelos amantes e

pelos anjos............

Não destoe, não desafine

a canção.............

Eu te dou a minha boca

em carne

e os meus olhos

nos teus...

Entrego-me

a tua dança............ enfeitada de

orquídeas

....... e vinólias,

apenas eu e o meu

perfume.

Eneida Cristinna

19/02/2016 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • SuperdestaqueCPP.jpg

    • Gratidão, Nieves, por mais esse destaque. Isso é um grande incentivo. Beijos, querida.
  • Muito belo, que talento, beijinho.

    • Um elogio de um talento como você, é muito bom. Obrigada, Cristina Maria. Beijos.
  • Você  muito nos honra com seu talento!!!

    • Meu querido poeta, eu é que me sinto honrada em estar aqui em meio a tantos talentos, como o seu. Um grande abraço. Obrigada pelo carinho.
  • Destaquecasa.jpg

    • Muito grata pelo destaque, Nieves. Abraços.
  • Gestores Adm

    casapoetasepoesia9.png

    • Muito obrigada, Edith. Abraços, querida.
This reply was deleted.
CPP