Poesias

Gestores

O Menino e a Vitrine (da Série: Genésio - o Menino de Rua)

CLIQUE no VídeoMusic, pois o mesmo faz parte deste "Conto de Natal"

CPP

O Menino e a Vitrine (Conto de Natal)

Não se sabe se realmente aconteceu. Pois tudo estava escrito
em singela Folha de Papel, que voava ao sabor dos Ventos e
que ora apanhei e vos (d)escrevo.

É Tempo de Festas... Sente-se no ar, o Espírito de Natal, feito
em sons, feito em luzes, feito nos sorrisos dos Pais segurando
pelas mãos seus alegres filhos, e lotando as Lojas das Ruas
movimentadas e dos Shoppings.

E numa dessas vitrines, toda iluminada, com um Senhor Gordo
logo à entrada vestido de Papai Noel, que Genesio - conhecido
como "Menino de Rua", se encontra olhando e namorando os
brinquedos com um olhar indecifrável.

Observa alguns vendedores, sorridentes, pegando ora um pacote
ora outro com brinquedos, a pedido de Pais e Mães de Crianças,
com estas ao lado.

Sim - certamente que todos os passantes da Calçada da Loja, mesmo
trombando e empurrando Genésio, não perceberam em seus olhos
infantis, as lagrimas que escorriam, e que traduzidas pelo LDL =
Leitor De Lagrimas, assim se transformaram em singelo Canto:

Meu Querido Papai do Céu...
(ou será que é Papai Noel)?
Outro dia eu ouvi na Igreja
um Padre dizendo na Missa:
- Peça ao PAI que Ele lhe dará
tudo o que Lhe for solicitado
Então eu Vos faço um Pedido:
- Me dê de Presente - comida
sem que eu precise implorar
e também algumas roupas
para o frio que sinto aliviar...

Não precisa me dar brinquedos,
embora eu os deseje tanto
o Senhor sabe - não sou santo,
às vezes, alguns roubos pratico
outras vezes, me drogo, confesso
mas... Me atenda por favor
é o que ora chorando Vos peço...
Nem vou LHE pedir Senhor
que arrume um Pai-Mãe, um Lar
pois sei que será muito difícil
achar quem queira me Adotar
e muito mais ainda me Amar

Ah... Esqueci de dizer meu nome
- Sou o Genésio - Menino de Rua
Mas... Por favor Papai do Céu,
se der uma volta pelas Praças
verás que não sou eu somente
que vivo dormindo nas Ruas
iluminado no clarão das Luas
Por isso que ora acrescento
Pois não vivo no mundo sozinho
- Cuida também dos Amiguinhos

Sonho em comer comida fresca
sem precisar de catar nos lixos
tenho que confessar que detesto
viver mesmo só comendo "restos"
Sonho em ter uma caminha
que seja minha - só minha -
e que quando eu for me deitar
alguém venha me beijar
Mas... Será pecado Sonhar???

...

Genésio sai defronte a Vitrine... E nos ares apareceu esta Folha, Mas...
Não se sabe se a chuva repentina, AllmAmadas e Semelhantes Meus,
era o chorar das Próprias Nuvens, ou o Choro do Próprio Deus!!!
...
by: zeca-feliz - gaDs!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP