Gestores Adm

Rastros

Rastros


Repousa no criado os brincos que me deste,
E devagar eu sinto estremecer meu corpo.
O pensamento voa e, lembro até da veste,
Que te cobria a pele e teu amado rosto.

Depois daquela noite, oh noite, vil, agreste,
De luto me cobri com meu amor já morto.
Eu vivo a me domar das marcas que fizeste,
Mas fico a procurar-te em cada lua e porto.

Verdade que passou, passou demais o tempo,
Mas vivo, ainda, estás nos vãos do pensamento,
Que afronta o coração caiado de saudade.

Minh'alma anseia a paz, em face do destempo,
Procuro um fio de luz pra se tornar alento,
Na vida que se esvai no anverso da deidade.


Edith Lobato - 15/06/16

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Com mais uma vez prestigiar sua arte e agradecer o poema editado com um lindo cards ameiíi querida Deus abençoe obrigada Edith bjs 

  • Gostei muito Edith! Um forte abraço.

    reverencia.png

  • Edith maravilhoso minha linda amei

  • Maravilhoso lindo bjs

  • Maravilhoso lindo bjs

  • Congratulações pelo encanto visual e pelo predicado do escrito.

  • Sensacional! Uma obra prima! Meus aplausos!

  • Fantástico excelente trabalho ameii bjs 

  • Gestores

    Simplesmente maravilhoso!!! Realmente a interação e sintonia de vocês é surpreendente!!!! Parabéns aos dois!!!

    images49.jpg

  • Parabéns aos dois sonetistas ilustres! Lindos demais

    em completa e perfeita interação! Bjs.

This reply was deleted.
CPP