SAIDOS DA ALMA

 “SAÍDOS DA ALMA”  

 

 

Me fizeram crer que o amor

Nada detém quando

Saídos da alma

E coordenados pelo coração.

 

Ele sim, busca encontros secretos

Escondidos de pensamento em pensamento

Como se algo profundo

O fizesse ser o mais sublime.

 

Nada a ele se compara

Pois traz junto consigo

Toda a esperança

De um novo amanhã.

 

Por isso, amar é o mais sublime ato

De todo aquele que deseja

Encontrar-se com seu próprio eu

Ou encontrar sua alma perdida num canto qualquer.

 

 

 

JC Bridon

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP