Poesias

Surpresa.

Surpresa.

Puseste, teu sorriso carinhoso
E disseste-me, o quanto sou maravilhoso
E por quanto tempo, sou tua alegria
Mirando-me os teus olhos esverdeados.

Gravaste o sonho, como esperança
E minha sorte como fantasia
Abrindo-me por cada manhã chuvosa
Procurando meus beijos que vão surgir.

São tantas coisas em nossos olhares,
Que a saudade, vem se atracar
Ficando, ancorada como lar.

E cá, disseste-me por ocasião
Acabei surpresa, no seu perfume
E talvez, ainda me deixe sonhar.

Ednaldo F. Santos 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

fantasia, saudade, amor, olhares, sorte, beijos, alma, paixão,

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Ednaldo,

    Parabéns, pelo teu poema!

  • Muito bem feito, milionário em sentimentalismo e bom gosto.

  • Parabéns, poeta, poema lindo, primoroso, adorei. Abraços, paz e Luz!!!

  • Lindo texto Ednaldo, meus aplausos

  • E que linda surpresa Ednaldo!

    Adorei o seu poema.

    Abraço

This reply was deleted.
CPP