Fórum

Gestores Adm

3671392025?profile=RESIZE_710x

2083884?profile=RESIZE_180x180Dia do Poeta

2083884?profile=RESIZE_180x180O Dia do Poeta é celebrado anualmente em 20 de outubro. Esta data celebra o profissional, que pode (e deve) ser reconhecido como um artista escritor, que usa de sua criatividade, imaginação e sensibilidade para escrever, em versos, as poesias que faz. O principal propósito desta data é incentivar a leitura, escrita e publicação de obras poéticas nacionais.

Origem do Dia do Poeta

2083884?profile=RESIZE_180x180O Dia Nacional do Poeta é comemorado a nível extraoficial, ou seja, não há uma lei que oficialize o 20 de outubro como Dia do Poeta no país. Mas, a data foi escolhida por uma razão bastante especial para os poetas brasileiros. No dia 20 de outubro de 1976, em São Paulo, surgia o Movimento Poético Nacional, na casa do jornalista, romancista, advogado e pintor brasileiro Paulo Menotti Del Picchia. A data homenageia e lembra este momento ímpar para os poetas do Brasil.

2083884?profile=RESIZE_180x1803671373417?profile=RESIZE_710xFonte da imagem:https://www.calendarr.com/brasil/dia-nacional-da-poesia/

 2083884?profile=RESIZE_180x180

Dia Nacional da Poesia

2083884?profile=RESIZE_180x180O Dia Nacional da Poesia é comemorado oficialmente em 31 de outubro no Brasil. A data foi criada em homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade, um dos principais nomes da literatura brasileira. O Dia Nacional da Poesia foi oficializado através da lei nº 13.131, de 3 de junho de 2015.

2083884?profile=RESIZE_180x180

Tema: Poesia

2083884?profile=RESIZE_180x180Período de vigência

31/10/2019

2083884?profile=RESIZE_180x180Regras do evento

2083884?profile=RESIZE_180x1801.Todos os membros podem participar;

2.É proibido o uso do tema como título das obras;

3.Cada autor pode participar com 6 obras;

4. Cada obra deve ter no mínimo 8 versos e no máximo 25 versos.

5.As obras devem estar inspiradas no tema;

6.As obras devem ser postadas dentro do link deste Sarau e de modo escrito, na caixa principal do tópico;

7. Visa-se com este evento a publicação de um livro (vários autores) pelo sistema de impressão por demanda pelas ditoras: Clube dos Autores e Amazon;

8. Permite-se apreciação (comentários) nas obras;

9. Permite-se imagem ilustrativa para efetiva arte pelos designers.

2083884?profile=RESIZE_180x180Boas composições!

2083884?profile=RESIZE_180x180

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Meu universo

    Meu universo é rodeado de poesia.
    Nas árvores floridas… no anil do céu.
    Nos raios do Sol espalhados no dia,
    No pensar que me envolve ao léu…

    No sussurro do riacho cristalino.
    Na grama verdinha do jardim,
    No pulsar do meu coração menino
    Cheio de amor, traz encanto a mim.

    No morro que ao longe esconde o Sol;
    No arco-íris iris depois da chuva intensa.
    Na noite que adentra pós o arrebol;
    Na lua prateada que me deixa tensa.

    Na inspiração que verte na hora
    Como se dissesse ao meu ouvido:
    — Chegou o momento, minha senhora
    Relata em versos os instantes vividos!
    Márcia A Mancebo (21/10/19)

  • Vinte de outubro.

    Neste dia que é só teu poeta;
    Solta a inspiração aos ventos:
    Liberta o que tens no pensamento;
    A inspiração ardente e repleta:
    De anseios e belos sentimentos.

    Teça com primor uma poesia;
    Diz em versos o que alma grita.
    Põe para o papel a alegria,
    Ameniza essa tua alma aflita.

    É teu dia, merece homenagem!
    Deixe de lado a timidez.Se retrata.
    Põe um riso nesta tua imagem.
    Faz um brinde aos versos que relatas.

    Deixe tua marca por onde passa.
    Escreva com as mãos sem tremer:
    Aquele sentir lindo que o ultrapassa.
    Aproveita esse tempo até esmaecer…
    Márcia A.Mancebo
    20/10/19

  • 3671768463?profile=RESIZE_710x

     

     CANTO DA LUA

     

    Nada se iguala a essa Natureza

    Certeza que impregna de luz sábia

    O canto das aves apaga-nos o medo

    Da escuridão do temor na incerteza

    Onde tem água cresce mais mundo

    Atento e profundo à nossa beleza

    A alvorada proclama o ser nascente

    Preparado para cantar o novo canto

    Espanto que nos deixa sem mente

    Na ternura invisível de um pranto

    São séculos que contêm o mistério

    Profanado por guerras e mentiras

    Terras que resistem à orgia crua

    E que repetem no seu grito sério

    Verdades ocultas no canto da lua

     

    Mongiardim Saraiva

  • SURGE O POETA

    Ser poeta
    É brincar com palavras
    É encantar em prosas e versos
    Projetar fantasias
    Materializar sonhos

    Ser poeta
    É voar nas asas da imaginação
    Um voo cada vez mais alto
    É sentir, viver e amar
    Alçando-se no infinito

    Ser poeta
    É materializar desejos
    Refletir sobre o cotidiano
    Sentir com a alma
    É traduzir-se em sentimentos

    Ser poeta
    É fazer-se sentir no outro
    É perder-se em sonhos
    E transformar-los em palavras

    Ser poeta
    É viver a vida com emoção
    Extraindo sua essência
    Numa eterna arte de criação

    Ser poeta é sobretudo amar.

    Luciene Avanzini
    20.10.2019

  • ALMA DE POETA
     
    A alma do poeta
    É borboleta leve que
    Poisa na mão do Criador!
     
    A alma do poeta provoca e tranluz
    Desperta e a cor_dá!
       - É viva!
     
    Quando sai do casulo
             - gerado a duras penas -
    A inspiraçao dói...
    No desdobrar das asas
    Ganha ideias e formas
    sabores
             amores e ideiais
    São conceitos são padrões ...
           Ah! comoreluz!
    Sem muralhas, sem fronteiras!
     
        - Chega o despertar!
     
     
    Chantal Fournet
    20 de Outubro 2019
     
    Portugal
This reply was deleted.
CPP