Gestores Adm

Oficina I - Desafio Poético sobre palavras aleatórias

719441?profile=original

PROPOSTA

 

Esta oficina destina-se à composição de poemas

sobre palavras deixadas aleatoriamente.

Regras

1. Ficarão em tela 4 palavras aleatórias para composição.

2. O participante deve compor nas palavras em tela

e ao postar seu poema, deve deixar outras

4 palavras para o próximo participante.

4. Os poemas criados devem ser postados na caixa de cima.

 

Boas inspirações!

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Palavras em tela:

    Cabisbaixo/  Sibilar/  Alfombra/  Salobra 

  • Esperança e fé 

    Não preciso esconder, sequer  de camuflagem
    Para dizer o que sinto nesse momento
    a tristeza ver a destruição da paisagem
    sendo provocada pelo desmatamento.

    Vejo o tropeiro seguir tímido  seu rumo
    Sem ter onde o seu gado poder abrigar.
    Pobre viajante, perdera  o prumo.
    Desesperado se ajoelha à rezar.

    Segue a estrada com o olhar  saltitante
    De encontrar uma solução, pois, tem  fé.
    Apesar dos dissabores,  é perseverante.
    Crê que sua oração seja ouvida e até
    como milagre encontre grama verdejante.

    Quem sabe ainda reste pelo caminhar
    árvores, que continuam vivas, com sombras,
    mesmo castigadas, com folhas  não brilhantes.
    Só com visgo como se estivessem a chorar
    pela aridez da terra, pelo  seco chão
    Para que possa descansar e alma aliviar.

    Márcia A Mancebo
    10/11/19

  • Palavras em tela: Saltitante, camuflagem, visgo, tropeiro

  • A volta

     

    Vivi dias de tristeza e mau querer

    Foram semanas sofrendo e penando

    Com essa saudade louca de você

    Cruel carrasco, indiferente, foi o tempo!

     

    Ao receber sua carta, fiquei em êxtase

    meu coração pulsou e minh'alma floriu

    Tal como por encanto, aquela tristeza

    Encrustada em mim, simplesmente, esvaiu.

     

    Sei que me tens como ingênua e sonhadora

    Que acalenta sonhos  singelos e pequenos

    Esta minha essência de mulher romântica

    Traduz o sentir de forma doce e pueril

     

    Mesmo com a diferença, quero seu amor, sim!

    Estou feliz porque você está voltando pra mim

    O semblante melancólico, já não existe mais

    Aqui, tens uma mulher que te ama demais.

     

     

    Lilian Ferraz

    10/11/2019

     

     

     

     

  • Palavras em tela:

    Carrasco, Encanto, Pueril, Melancólico.

  • Trilha do Sol

    Tranquilo é o Sol romper pela manhã 
    lindo, fulgurante, a primavera saudando.
    Sobre a alfombra verdejante, seu divã 
    repousa os raios, tudo iluminando.

    Seu comportamento não é efêmero não.
    Tem um caminho a percorrer pelo dia.
    Majestoso, impregna esperança no coração. 
    Traz as faces tristonhas a alegria. 

    Acompanhar sua rota não me  cansa.
    A sua caminhada é uma maravilha.
    Noto,que essa paz encanta e descansa
    o Ser mais agoniado em sua trilha.

    Aos poetas é uma poesia linda;
    Para o artista, uma sofisticada tela.
    Vejo como uma benção na minha vida
    Ver o céu pintado com divina aquarela. 
    Márcia A Mancebo 
    07/11/19

This reply was deleted.
CPP