Eu me dei de presente o dia de hoje.
Casamento Real, sonhos, fantasias
Imaginações...este é outro capítulo.
Esparramada no sofá, debaixo de um cobertor
O dia está chuvoso e frio aqui
Diferente do local do casamento
Calor e um dia ensolarado abençoado por Deus.
Sem hora marcada para nada ,virei o relógio para a parede
Só me falta a companhia física de alguém
Mas tudo bem...
A felicidade me acompanha nesse momento.
Acho genial essa atitude, pelo menos um dia,
Não querer fazer nada....muito bom.
Sempre falta algo ou alguém na nossa vida mesmo
Não encontramos o sentido disso tudo
De nascer, viver...do amor que já dorme embalsamado.
A vida se resume nas pequenas coisas
Que nos deixa feliz, pena, descobrirmos isso muito tarde.
Sonhamos, adquirimos muitas coisas
Um belo dia, temos de deixar tudo para trás
Aí percebemos que tudo aquilo, não nos trouxe felicidade
A felicidade é estar em Paz, esparramada no sofá
Com o relógio virado para a parede.
Que importa se o amor também já há muito
Dorme embalsamado.
Sonhos de fadas, príncipes e princesas?
Hoje é o dia de ver um amor não embalsamado.
E este dia, me dei de presente.
 
Veraiz Souza - 19/05/18
 
 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Muito linda sua prosa poética, poeta Veraiz! Talento

    em cada verso! Bjs.

  • Eros é magnífico por possibilitar tanto talento em suas poesias - seu dom é incontestável. Que possamos continuar contemplando e aplaudindo o seu luminoso trabalho.

    • Grata pela visita e carinhoso comentário SAM.
      Que bom que gostou de meu poema. Fico feliz com suas considerações.
      Abraço poético de Veraiz Souza

  • Gestores

    19207834?profile=RESIZE_930x

    • Linda formatação que deu vida ao meu poema .
      Grata Marsoalex pela beleza da Arte. Grata pelo carinho.
      Gostei muito, meus tons preferidos.

      Abraços poéticos de Veraiz Souza

    • Gestores

      19207855?profile=original

    • Que bom que gostou de meu texto Marsolaex.
      Sempre uma honra recebê-la em meu trabalhos.
      Grata por tudo. Que Deus continue lhe abençoando.
      Abraços de Veraiz Souza

  • This reply was deleted.
    • Gratidão Márcia, pela visita e comentário ao meu texto.
      Fico feliz que gostou. Sou sua fã. Volte sempre.
      Abraços poéticos de Veraiz Souza

  • Nossa! Há muitos versos nesse poema que poderiam existir sozinhos tal a força de sua mensagem! Perfeitos aforismos a indicar como conquistar um pouco de felicidade a cada dia!

    Mas o melhor mesmo, Veraiz, é saber que você está em cada palavra com a sua verdade poética!

    • Olá poeta Edvaldo Rofatto.
      Grata pela visita e comentário ao meu texto.
      Você é muito generoso em sua análise dos meus escritos.
      Na realidade preciso me policiar quando participo dessa página, pois os temas são relevantes
      e eu me empolgo e vou adiante e tem limite de linhas....kkkk...
      Mas é muito gostoso escrever, quando a inspiração aflora, acho que é isso que deixa meus versos
      com aforismos diversos em um só poema.
      Que bom que notou isso e grata  mesmo pelo carinhoso comentário.
      Abraços de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP