Amor Juvenil

Dantes tive um amor inebriante

Faz tempo, tinha tenra, parca idade

Estava no vigor da mocidade

Á qual passou fugaz, agoniante.

Ela era sedutora, aliciante

Possuía sutil frivolidade

Mas, Jurei amá-la até a eternidade

Era um amor afável, viciante.

Ela me trouxe alívio, feito Irene

Era serena nunca ciumenta

Fomos unidos tal, Marte e Pirene.

Trajava sempre bela vestimenta

Acreditava ser amor perene

Na boca ainda há o seu sabor de menta.

ILÁRIO MOREIRA

25/07/2017

IRENE = Deusa Grega da Paz = A Pacificadora

PIRENE = Ninfa que se casou com Marte

MARTE = Deus Romano da Guerra e Agricultura

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Poeta Ilario gostei da poesia 

    e das explicações meus aplausos...

    • Obrigado, poetisa amiga, grato pela visita e comentário gentil. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    Que lindo! Parabéns pelo espetáculo de soneto.

    Aplausos.

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e comentário gentil, sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    3677255?profile=original

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e comentário gentil, fico muito grato. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Naveguei por aqui, cumprimento a beleza e a importância dos versos.

    • Obrigado, poeta amigo, pela visita e comentário gentil, fico muito grato a ti. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    3676961?profile=original

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e comentário gentil, fico muito grato a ti. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP