ATENÇÃO!!!!

************

1. No grupo Tema Poesia, como o próprio nome refere,todos os participantes devem

postar o texto(poema/prosa) sem imagem,

2. É permitido comentários e apreciações nas obras, porém é vedado o uso de imagens.

3.Todos os poemas, deverão ser postados AQUI dentro do link de abertura da proposta,

NA CAIXA PRINCIPAL DE RESPOSTA, QUE FICA LOGO ABAIXO.

************ 

T e m a:

"Ao silêncio clamo a paz para alma
Que anseia pelo amor que se foi…"

(Trecho do poema Clamor - Márcia A. Mancebo)

************

Período de vigência

03/01/24 a 29/02/24

************

Regras do evento

1. Um poema por autor.

2. Limite máximo de 30 versos e mínimo de 7 versos.

3. É PROIBIDO O USO DO TEMA COMO TÍTULO DA OBRA.

4. O participante que usar os versos no seu poema deve usar

aspas indicando que os versos não são de sua autoria.

5. O poema precisa fazer refêrencia ao tema de modo que,

ao ser lido se sinta a proposta do tema.

6. Todos os membros podem participar.

************

Boas inspirações!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

    • Parabéns Thaís! Sensacional!

    • Magnifico! Parabéns 

  •  

    AUSÊNCIA

     

    Partiste deixando triste a minha alma,

     

    Em pleno silêncio e no meio da dor

    Procuro encontrar a benéfica calma

    Que me liberte da ânsia desse amor;

     

    Sei que já mereceste a tua palma,

    Por me dedicares o teu afeto e calor,

    No entanto, a tua ausência é pesalma

     

    E entre o desgosto procuro o vigor!...

    M. Piçarra

    02-02-2024

    • Parabéns Miguel!

    • Magistralmente belo e profundo versejar 

    • Muito obrigado, Norma!

    • UM primor seu poema. Aplausos de pé!

    • Muito grato, Lilian, pelas tuas gentis palavras!

  • A saudade machuca a alma em busca da paz (CPP)

    "Ao silêncio clamo a paz para alma

    Que anseia pelo amor que se foi…"

     

    (Trecho do poema Clamor - Márcia A. Mancebo)

     

    ************

    A saudade machuca a alma em busca da paz

     

    Quando a alma está atribulada

    Se encontra na saudade e na solidão

    Está sofrendo e bem machucada

    Procura a cura e a paz em seu coração

    A noite vem a saudade a perturbar

    Cheia de imagens e tantas lembranças

    De alguém que foi embora para algum lugar

    A tristeza bate sem encontro sem esperança

     

    A vida segue, mas a saudade fica a cutucar

    Cada detalhe juntos, a dor fica ao relembrar

    No desatino, o silêncio vem também despertar

    Mas a vida segue, nunca deixamos de sonhar

    Eterna é a saudade, mas precisamos viver

    A vida cobra talvez, até uma nova história

    Ela renova, revela um novo prazer de ser

    O amor fica sempre, no baú da memória

    Seguir em frente buscando a paz, é preciso

    Viver o agora, buscando novamente a felicidade

     

    Lembranças seguem seus clamores

    Mas um novo dia ganhamos de presente

    A vida tem segredos e novos amores

    No caminho, revelando novos sentimentos

    O importante é viver com luz e sabedoria...

    Norma Silveira

    09/01/2024

     

     

    • Parabéns Norma!

This reply was deleted.
CPP