O AMOR SEMPRE VENCE

Tão pequenina a menina...

Tão frágil e assim mesmo apanhava

A mãe batia nela com uma cinta

Batia porque sorria ou porque chorava...

Sempre haveria de apanhar

Se fizesse certo parecia errar

A mãe nunca usou a palavra amar

A menina nem podia reclamar

Dormia pensando na surra do outro dia

Ao acordar lembrava o pesadelo e nem sorria

A cinta em cima da mesa era uma assombração

Corria quando a mãe colocava a mão

Deus do céu vinha vindo à agressão!

O corpo franzino repleto de cicatriz

Ao apanhar dizia: - Mamãe o que fiz?

Então, apanhava mais ainda por esboçar o medo

Não haveria de ganhar nenhum brinquedo

As outras meninas tinham bonecas

A dela era imaginária e se chamava soneca

Balançava no colo a imaginação

Aquela ilusão era a única diversão

E a vida foi passando e a mãe a abandonou

A menina virou mulher e nunca mais apanhou

Encontrou um amor e com ele se casou

Depois de um tempo, engravidou!

Quando a filha nasceu uma lágrima escorreu

A mulher sofrida pensou bem lá por dentro:

-Eu vou te dar o carinho que a minha mãe não me deu

Já não existia a menina que apanhava e sim a que amava

No colo, trazia um tesouro, o amor que prevaleceu!

Janete Sales Dany

Poema@protegido por lei

Registrado e imortalizado na Biblioteca Nacional

.

Licença Creative Commons
O trabalho O AMOR SEMPRE VENCE de Janete Sales Dany está licenciado com uma

Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Janete,

    um belo poema trazendo à tona uma problemática social

    dos maus tratos com a criança que apesar da lei ainda vigora na

    nossa cultura.

    Mas mostraste bem qual a lei que melhor dá conta dessa realidade:

    a lei do amor.

    Dispensar amor a uma ciriança hoje, , é evitar castigos maiores no futuro.

    Parabens e tte mando abaixo estas flores como sinal do meu reconhecimento por

    tão bonito trabalho.

    3590308?profile=original

    • Obrigada querida amiga Eri Paiva

      Agradeço a linda presença e palavras generosas

      Amei as flores, uma noite de paz

      Beijos

      3590962?profile=RESIZE_1024x1024

  • Dani, carinho...

     Volto a relir.

     Tento comentar mas volto a emocionar-me demais...

     Santo Deus...

     Quantas realidades ainda piores que issta existem na Vida!

     Obrigada.

     Parabéns, grande e sensível mulher e poeta.

     Beijos grandes.

    3586557?profile=original

    • Obrigada querida Nieves pelo carinho e palavras generosas.

      Um dia repleto de paz

      Beijos

      3587993?profile=original

  • Gestores

    N  O  S  S  A     D  A  N  Y . . .

    Até que tentei conter uma lágrima...

    Mas a mesma fluiu rosto abaixo

    E a seguiram outras mais... No entanto

    Felizes pelo Futuro pleno de aprendizado da sofrida Menina...

    Ora Mulher... Mais meNina e Mãe!

    ...

    APLAUSOS MILSSSSSSSSS - GADS

    • Obrigado querido amigo Zeca!

      Agradeço o estímulo e fico feliz que tenha apreciado as minhas linhas singelas

      Um dia de paz

      Beijos

      3587972?profile=original

  • OI amiga: Uma triste realidade para ontem e hoje, porém, no ontem era mais difícil e no hoje é tão real que nos causa repulsa, tristeza, pois talvez ficará, para sempre, uma terrível mágoa. Seu poder de construir a vida em versos é tamanha que nos toca o coração. Tristemente lindo! Parabéns! Abraços mil

    • Obrigado querido amigo Bridon!

      Fico feliz que tenha apreciado

      agradeço a presença que ilumina

      Um dia de paz

      Beijos

      3587980?profile=original

  • 3586010?profile=original

    • Obrigada pelo destaque querida Nieves!

      Linda imagem, amei

      Mil beijos no seu lindo coração amiga!

      3587994?profile=original

This reply was deleted.
CPP