Ontem ao Luar...

Nestas escuras noites, rutilante

A solidão é meu maior flagelo

Sentimento recôndito eu congelo 

Apresento-me como ser galante.

Faço apresentação mirabolante

E procuro não ser muito singelo

Esta farsa é vil autoflagelo

Ventania veloz, vil ululante.

Sonho contigo toda glamourosa

Sedutora, mexendo seu cabelo

Uma figura bela, linda airosa.

Que me tem por seu fâmulo, escabelo

Porém, gosto de vê-la venturosa

Ontem ao luar, sonhar foi belo.

24/08/2017

ILÁRIO MOREIRA

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    3682880?profile=original

    • Obrigado, poetisa amiga, pelo destaque, visita e comentário gentil. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    3681623?profile=RESIZE_1024x1024

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e comentário gentil, fico muito grato. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    Perdão pela brincadeira.

    Achei lindo teu tua criação sobre o tema.

    Parabéns!

    • Pode brincar á vontade, poetisa amiga, sua presença sempre será bem-vinda, fico muito grato. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    Que lindo! Lindo, lindo!

    Agora vem cá, Ilario, sonhavas mesmo com ela kkk mexendo o cabelo? Ramm, na imagem a mué está com um "praquê vestido"

    e tu sonhas com ela mexendo os cabelos homi, tome tentoo.

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e comentário gentil, fico muito grato. Sou seu fã. Então, mexer os cabelos foi o que imaginei no momento, rsrsrsrsrs. Abraços, paz e Luz!!!

  • 3680199?profile=original

    • Obrigado, poeta amigo, pela visita e comentário gentil, sou seu fã. Sua presença é sempre bem-vinda... Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP