Gestores Adm

Recomeço

Recomeço

Vivo a cada dia a esperança do recomeço,
e não desisto quando a força falha e o pranto
escorre pela alma e fere a face em gesso,
noctívaga em campos de solidão sem encanto.

Como a flor se abrindo na aridez do deserto,
vivo a cada dia a esperança do recomeço,
desde as primeiras horas, assim, que desperto,
em postulante caminhada vou pagando o preço.

Ao nascer do sol esvazio todo meu depresso,
e no apogeu da manhã consagro meus desejos,
e vivo a cada dia a esperança do recomeço,
sem a ilusão de olhares ardentes ou de beijos.

Divago sobre todas as coisas e flutuo em paz,
pés descalços sobre o caminho me ofereço,
andarilho errante sem amanhã, mas audaz,
vivo a cada dia a esperança do recomeço.

Edith Lobato - 02/03/19

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP