Gestores

Rumo às Estrellas

  

      Rumo às Estrellas

O   Poeta ora se sente meio carente...

A   s Estrellas o observam de cima
M   esmo quando ainda se faz dia
O   Poeta faz chorar até sua rima
R   enovada na inspiração da Poesia

N   o Planeta a rima se faz com guerra
O   Homem continua avido pelo poder
S   emeando desamor em nossa Terra

L   á dos Altos nos observa o Criador
E   renova a Todos Nós o seu perdão
V   alendo-se de seu infinito AMOR
A   s vezes preso em nosso coração

À   s escuras vai o homem no entanto
S   'esquecendo que poderia ser santo

E   stes são Versos do Poeta ad-Vindos
S   obretudo pela sua Alma ora ditados
T   endo a fé que renasçam dias lindos
R   ealidades aos irmãos necessitados
E   as lágrimas fluídas lavam seu rosto
L   entamente, a Brisa suave o acaricia
A   vida também é feita por desgosto
S   obrevive o Amor e Fé na sua Poesia!

09052019 - 00:19AMBR - gaDs***
*** Intuída para o evento Poesia sobre Tema
da " CPP - Casa dos Poetas e da Poesia ".
*** * ***

cpp cpp

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP