Viva a Vida Z... ... .

*** *** *** ***
Viva a Vida Z... ... .
*** * ***
Trilhando as Estradas das Mils Vidas
vivenciando calmarias e tormentos
em meio tanto ao sorrir quanto à dor
recordo a felicidade dos momentos
de "Quando eu encontrei o Amor"

Assim foi desde o momento que nasci
à Beira de um Rio doce e caudaloso
do ventre da Amada Mãe que amarei
que hoje se encontra no céu glorioso
assim foi "Quando o amor encontrei"

O tempo que sem tempo se passou
no vai e vem constante de cada dia
meu viver de mais sabedoria encheu
e meu mundo se renovou em Poesia
"Quando novo Amor encontrei Eu"!!!
*** * ***
081118 - 16:16PMBR - gaDs***
*** Intuída em repentes especialmente para o evento "Poesia sobre Tema"
da C P P - Casa dos Poetas e da Poesia
*** *** ***

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Muito bela poesia, puro encantamento. Aplausos mil, Zeca

  • O nosso primeiro amor é realmente o amor de mãe, os outros, são transferências que fazemos dele. Lindos versos, menino Zeca!

This reply was deleted.
CPP