Posts de Marcia A Mancebo (318)

Infinitude dos devaneios

Infinitude dos devaneios.

Busco na vida razão pra viver,
Vasculho no tempo, palavras lindas
e caminhando por trilhas infindas
encontro na poesia o bel-prazer.

Na infinitude dos meus devaneios
No sonho sonhado ainda lembrado:
Vejo pássaros cantores no prado,
na relva macia estão meus anseios.

Então, a poesia vem de tudo e em cores.
Traçada com esmero exala amor:
Transmite o sentir com muito fervor.
Chega a mim com perfume de flores.

Saúda o dia desde o amanhecer.
Sublima o Ser, a alma e o coração
Enobrece o mais forte da Criação
O homem que crê, ajoelha a agradecer.

Presente belíssimo que é poder ver:
Toda beleza que há na natureza;
Ouvir o murmúrio da correnteza
e a mente fértil o verso tecer…

Assim a poesia é parida e canta:
a melodia dos anjos do céu
Em silêncio espalha aos poucos ao léu
O poeta desfruta do que o encanta.

Márcia A Mancebo

Saiba mais…

A ti! ( Casa dos Poetas e da Poesia)

A ti!
(Casa dos Poetas e da Poesia)

É com tamanha emoção;
É com imensa alegria
Que o meu pobre coração
Te oferece uma poesia.

Com os olhos brilhantes;
Com a alma leve a flutuar:
Pelo espaço sigo radiante
Feliz para comemorar.

Aqui onde a reina amizade;
Onde a paz é singeleza:
Onde deixo a idoneidade
E exalto sua grandeza.

CPP, casa querida
Onde sou membro e ativa:
Onde curo minhas feridas
A ti, me faço cativa!

Márcia A Mancebo.

Saiba mais…

Minha morada

7820054075?profile=RESIZE_710x

Minha morada

Com a alma em festa de gratidão
Que eixo meus parcos versos
Dizendo que meu coração
Se emociona neste universo.

Aqui tenho fiéis amigos;
Que com cortesia me acarinham.
Me acolhem…me dão abrigo.
Aqui nunca estou sozinha.

Sinto em cada um, sinceridade.
Uma atenção fora do comum!
Amigos, agradeço a amizade:
Como vocês não há nenhum!

Obrigada, muito obrigada
CPP, minha casa adorada
Sou feliz por ser abrigada.
Aqui fiz a minha morada!

Márcia A Mancebo.

Saiba mais…

Sonho imaginário

 

7790163281?profile=RESIZE_710x

Sonho imaginário

Quando reténs as minhas mãos nas tuas,
Inebrias- me de anseios profundos.
Sigo por chama ardente do meu mundo
Um mundo solitário onde flutuas.

Fico em silêncio e me vejo em teus braços
Em intérminas horas de carícias.
Ah...teu regaço é feito de delícias!
Eu me curvo e me enleio em teus abraços.

Gosto de imaginar sempre a teu lado
Como se nós fossemos namorados
Doce esplendor de sonho imaginário!

Tal, se meu coração fosse um aquário
E tu, o peixe que dele se consome...
Quando percebo, estou, a gritar teu nome!

Márcia A Mancebo
12/07/2018

Saiba mais…

Nossa verdade

7785400495?profile=RESIZE_710x

Nossa verdade

Para juntos vivermos lindamente
Seguindo pela estrada a nos amar
Cada dia com aroma diferente
Semeando frutos ao caminhar.

Olhos abertos para ver onde chegar
Se a primavera florescera bela
Como imaginamos ao pensar
Se em cada ramaria o amor revela
Que valeu a pena nos encontrar.

Seguiremos até o fim de mãos dadas
Mesmo alquebrados e, nós dois velhinhos
Ouvirei de ti, que sou tua amada
E eu te direi que não estás sozinho!

Nosso fardo será a felicidade
Que carregaremos com devoção
Esse querer perpetuando a verdade
Que existe realmente no coração.

Márcia A Mancebo
01/09/20

Saiba mais…

Fiel verdade

7466636284?profile=RESIZE_710xFiel verdade

Quando vasculho restos do passado
Te encontro vivo na minha lembrança
Em especial o tenho guardado
Somente assim, acalento esperança.

Tua imagem é a mesma, aternurada
Teu olhar irradia felicidade;
Eu também sou a mesma, sou apaixonada.
E não escondo minha fiel verdade.

Se viver de passado, estou pecando
Pagarei o preço que o viver requer.
Pois, tua imagem me persegue quando
carente anseio, ser tua mulher.

Estou ciente, nunca te esqueci!
Marcastes tanto, ah, plácido viver!
Que às vezes penso, porquê nasci
Se, sem tua presença é padecer?

Se por acaso o destino nos unir
Seguiremos um caminho bonito
Aprendi com os anos resumir
Os meus dias curtos em infinitos!

Marcia A Mancebo
(18/08/19)

Saiba mais…

Chama ardente

7730376879?profile=RESIZE_584xChama ardente

Com o corpo inundado de teu suor,
Sinto nosso amor uma chama ardente.
O sabor de ti,em mim, tem o frescor
do banho de espuma diariamente.

Carinhosos e quentes são teus abraços,
De uma maciez que me empolga e sou
nessa noite, sobre a cama, em teus braços
Alguém que te ama e sempre te amou.

Navego em ti, amor, nessa confluência
Não vejo nada além de nós dois.
Perdida de paixão sem ter consciência,
esqueço lá fora e o que virá depois...

Essa madrugada quero sonhar.
Desmaiar em em teus afagos,
Amar-te com fervor e sem pensar
em tristezas, quero me abandonar...
Meus olhos de prazer, serão lagos.

Márcia A Mancebo

Saiba mais…

Alegria e esperança

7671243292?profile=RESIZE_400xAlegria e esperança

Que saudade do coreto na praça
Da minha cidadezinha do interior
Oh! De emoção os olhos embaçam
Lembro demais do meu primeiro amor!

A praça com flores se abrindo
Na primavera da minha mocidade
Tinha mil motivos pra viver sorrindo.
Rememorar traz grande saudade!

Lembro o maestro com sua batuta
Regendo a lira com belas canções
O povo aplaudindo, esquecia a labuta
Pois, a música era a principal atração.

Havia nos aglomerações nos jardins
E as ruas do comércio vazias
Ninguém queria ver nas vitrines, manequins.
As tardes de serestas traziam alegrias
e esperanças aos sofridos cidadãos.

Márcia A Mancebo
28/08/20

Saiba mais…

Desalento

7670613674?profile=RESIZE_710xDesalento

Para onde foram nossos momentos;
De infindas juras e de amor profundo,
Que trouxe paz para meus pensamentos,
Crendo, ser com cores, o meu mundo?

Ah! não se brinca com os sentimentos.
Não se ilude e depois com gesto imundo:
Faz da vida de outrem, um vil tormento.
Fazendo – me sentir num poço fundo!

Estou triste, aqui, em isolamento:
e em fartas lágrimas me inundo
sentindo frio, sem acolhimento
perdida, no abismo, um Ser moribundo!

Minha alma a vagar procura alento
Com meu silêncio o desamor difundo.
Para que entendam meu triste lamento.
Quanto mais penso sinto que me afundo:
No atolado de insano desalento.

Márcia A Mancebo.
26/08/20

Saiba mais…

Performances

7574366886?profile=RESIZE_710xPerformances

Nos olhos levo armas da sedução.
Os lábios carmins, abertos ao beijo.
Meu corpo sem pudor e o coração
ofereço ao amor, pois, muito desejo.

Sou toda tua, quando o Sol reluz.
A claridade que incita meu ensejo
Nessa manhã esplêndida com luz
No espelho a refletir, nós dois, eu vejo.

Danço como a ave em várias performances
Em cada passo a sugerir langores
esbanjando charme e intensos fulgores.

Aos meus abraços com ardor romance
somos um só, doçura ao cavalgar.
Após a exaustão regozijo amar!

Márcia A Mancebo

Saiba mais…

Não sou refém!

Não sou refém!

Ontem me chamavas de querida.
Aos meus ouvidos diziam me amar.
Que era eu, a grandeza de sua vida:
Pedias, pra jamais te abandonar.

Hoje, oh! Meu Deus, quanta ironia!
Num leve olhar entendo o que pensas
Já não demonstra, ao me ver, alegria.
Como podes sentir tanta indiferença?

Sou perspicaz, percebi a sua manha.
O que se passa consegui entender;
Pra me conquistar usastes artimanhas:
Pensas que sou presa fácil
e jamais vais me perder?

É bom lembrares se ainda tens tino.
Conheces meu sonho mais que ninguém.
Cresça! Não se faça de menino!
Vou — me embora, pois de ti, não sou refém!

Márcia A Mancebo
16/08/20

Saiba mais…

Harmonia

1310549285?profile=RESIZE_710xHarmonia

Sentindo na noite uma brisa amena
Suavemente, as mãos atingem o léu.
A venda nos olhos não me faz pequena
e os pensamentos os, solto ao céu.

Com zelo ao tocar na imensidão
sinto um manto meu corpo, cobrir.
Sem impedir o pulsar do coração
a emoção aparece tremeluzir.

A lua e o Sol emanam sensações.
Deusa do mundo por alguns momentos
com a mente tomada por vibrações
faço o que intui o meu pensamento.

Sentada sobre pedras não fantasio,
acalento na mente um desejo.
Pois, sei, que esses astros têm poderio
satisfazer num instante meu ensejo.

Desejo que espalhe a paz esperada.
Deus, seja reconhecido às nações
que povos, vejam Sua face estampada
nos belos cânticos e nas orações.

Ali, sentindo esvaírem as folhas
meu Ser orante clama em agonia
ao ver a humanidade nada olha,
Desperte, e peça ao universo, harmonia.

Márcia A Mancebo
14/09/19.

Saiba mais…

Recordação

7545456655?profile=RESIZE_710xRecordação

Vejo a aurora dos tempos passados
Esfumaçada, sem brilho, sem luz
Somente o pensamento me conduz
A deixar meus olhos marejados.

A mente a borbulhar descompassada
Embaralhada entre a estrela e reluz.
De tão linda que ao olhá - la me seduz.
Com tanto brilho fico encabulada.

Recordo com saudade aqueles anos
Repletos de amor, sem desilusão
O sonho a esbaldar de tanta ilusão.

O vento soprava os desenganos,
somente o amor régia nossos dias
Meu mundo era repleto de alegria.

Márcia A. Mancebo

Saiba mais…

Fantasia

7518942683?profile=RESIZE_710xFantasia

Sonha criança, o mundo é lindo!
Se encanta com tua fantasia colorida.
Imagina — te que uma mão te segura.
E vês das cores no céu, a mistura.

Aproveitas, criança essa bela ilusão.
Sonhas que nos dias existe somente alegrias.
Tens esse poder, é puro teu coração.
E teu espaço é cheio de magias.

O farol que longe vês e reluz:
É, na verdade da vida a beleza.
Ele ilumina e teus passos conduz
pra seguir avante com a certeza
que há um Bem Maior na natureza
que te ama com devoção.
que te faz se encantar com a luz
que Ele emana e te dá direção!

Carregas tua boneca, teu brinquedo;
Como balões, delicados, teus sonhos são.
Desde pequena faça do viver, um enredo.
Pelo que te fascina tenhas gratidão!

Márcia A Mancebo

Saiba mais…

Meu sentir...

7515050086?profile=RESIZE_584xMeu sentir...

O céu escuro, sem a lua prateada;
Sem o barulho do mar nas pedras
Sinto – me uma estrela escondida
Cansada, muito cansada e entristecida.

A noite perdera todo encantado
Que inspirava os amantes apaixonados,
Cobriu a imensidão com um negro manto.
Já não meu causa emoção...

Sinto que a vida é mera incerteza
Os dias se vão como a fumaça
Espalma pelo ar esconde a beleza
Leva a ilusão e deixa- me sem graça.

Márcia A Mancebo
14/08/20

Saiba mais…

Sou mulher.

7500527066?profile=RESIZE_710xSou mulher.
 
Um dia acreditei em teus carinhos
Teu jeito sensual me conquistou
Essa união sacralizamos no  ninho
Perdida em sonhos a vida me domou.
 
Fui tua...foste meu....e assim,  nós
seguimos nossos dias de mãos dadas.
 
Foram tantas alegrias e tantas agruras
A seu lado provei essas situações
Com o tempo vieram as amarguras
Que chibatou meu ingênuo coração..
 
Enquanto tive forças, enquanto pude
Aguentei tudo, tudo, calada
Mas quando te senti ser comigo rude
Percebi não ser mais tua amada.
 
Hoje me pergunto angustiada
Pois acreditei que te querer era meu eterno céu
Quanto engano! Estou desapontada.
"Teu amor porei no banco dos réus."
 
Só me resta sem chorar te por à prova.
Estou pronta para uma resposta qualquer
Vai ser melhor para mim e se houver reprova
Convicta estarei.
Tudo aguentarei...Sou forte mulher!
 
Márcia A Mancebo
11/07/2020
 
 
Saiba mais…

 

 

7488899468?profile=RESIZE_710x 

Nunca foi meu...

Parti, sem me despedir sem elóquio.
Te deixei num instante sem ver cor.
Jamais mereceu o que fiz… nem meu amor.
Foi melhor entre nós, não haver colóquio.

E, se hoje teu viver é vanilóquio,
É teu fardo ficar sem meu calor.
Contigo, aprendi sentir dissabor.
Sei quão difícil é ser solilóquio!

A teu lado conheci essa faceta.
Tua deidade, creio, não ser eu.
Não se trata uma deusa desse jeito.

Preferindo viver pelas sarjetas,
fui embora com imensa dor no peito
Sufocando amor, que nunca foi meu...

Márcia A Mancebo
15/08/20

 

Palavras :(elóquio, colóquio,vanilóquio,solilóquio)São do soneto do poeta Ilario.

Saiba mais…

Indiferença!

7488722665?profile=RESIZE_584xIndiferença!

É visível a minha indiferença
Cansei de ser refém dos teus anseios.
Decidi, professar a minha crença
Não estarei mais nos teus devaneios.

Sabia que isso um dia aconteceria
Ninguém pode viver de olhos vendados
Nem desfazer das suas fantasias,
Viver o tempo todo encarcerado.

Eu declaro hoje a minha liberdade
Seguirei meu caminho a passos lentos
Se, me atormentar a dor da saudade,
Recordarei, a teu lado, meu tormento.

Juro, farei tudo pra te esquecer.
Pretendo voar alto em pensamentos
Não aceito migalhas pra viver
O que quero é desfrutar meus momentos
A teus caprichos, não vou me render.

Se a minha indiferença for notada
Espero que entenda minha alforria
Cansei de ser uma flor desbotada
Escondendo dos lábios a alegria.

Márcia A Mancebo
15/08/20

Saiba mais…
CPP