Biografia

 

Sou plural
se me deparo
com coisas
singulares.

Sou oblíquo
longitudinal
rarefeito,
ao avesso
da alma.

Me apaziguo
no complexo
contexto
das situações
amenas.

Sem alvoroço
ou delongas:
sou poeta,
apenas.

 

Rui Paiva

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    133761325?profile=RESIZE_710x

  • Olá Rui.Gostei demais de seus versos e ainda mais valorizado o poema com os conflitos em dicotomia, principalmente em sua primeira estrofe.

    Parabéns amigo Rui.

    Se tens algo a ponderar sobre meu comentário faça sem cerimônia.Sempre estarei aberto a isto, não sou o dono de verdades.Sou um amante da poesia.

    Obrigado

    • Imprimes, em teus escritos, ondas de valores segregdos! MUITO feliz por tua visita, e significante comentário, poeta e amigo Antonio Domingos.!

       

This reply was deleted.
CPP