Como explicar esse amor?

Como explicar esse amor?

Como explicar o inexplicável?
Como dizer como tudo começou?
Sei que foi te olhando fui amando

Momentos aconteceram pra eu parar.
Tentei te esquecer e nunca mas falar.
Mas esse amor que teimou e ficou.

O que fazer meu amor?
Eu respiro você, tenho sede de você.
Fome dos teus lábios.
Saudades dos teus olhos em mim
Um dia sem te ver é uma eternidade.

Uma hora sem falar me mata de saudades.
Quero você assim...
Cheio de sonhos e esperança
Você nasceu pra amar e ser amado.

Declarando vou dizendo
És meu primeiro e único amor.
Nunca amei alguém assim.
Me guarde em sua memória e coração.

Segure firme em minhas mãos
És o amor que eu procurava
Aquela felicidade que faltava
Você me trouxe a vontade de viver.

Esse eu sei que é amor de verdade.
Eu te amo mas que a mim mesma.
Porque com você somos um.

Teus beijos doces palavras de amor.
Teu abraçar é meu proteger.
Cada momento é pra lembrar e viver.
Porque um amor assim é pra se viver.

Amo amar você.
Minha vida razão do meu viver.

Meire Perola Santos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Meire Pérola Santos

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    2307145181?profile=RESIZE_710x

  • As coisas do coração, somente os corações entendem!... Que coisa mais linda de se ler, amiga poetisa!... Meus parabéns. Deus te abençoe. 

  • Gestores

    Uau!!! Parabéns Meire!!

    DESTACADO!! 

  • Meire, seus versos sempre ternos e românticos.

    Parabéns.

    :)

  • Prezada Meire.

    Parabéns por mais uma bela obra de Amor

    Antonio

This reply was deleted.
CPP