EU EUFEMISMO (SONETO)

 

EU EUFEMISMO (SONETO)

 

ALEM.jpg

 EU EUFEMISMO (SONETO)

 

Saboreava meus memes  eufemismos

Por estreitos  transpor  bem  cadenciado

Sorvia meu cotidiano de sofismos

Para que me  julgassem  um eldorado

 

Reduz  luz amarela a minha  querela

Arguto o cobertor de mutações

E no escuro brilhante a luz de vela

Perfuma sereno almíscar  as tensões

 

Triste felicidade meu contento

Argumento sombrio pura mentira

Revelo a minha angústia ao relento

 

Para que querer  saber do meu sofrer

Alguém quer me colhêr do que ouvira

Ame o meu surpreender envelhecer

 

FIM

Antonio domingos

10 de fevereiro de 2019(reviAD)

 

 

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Muitíssimo Grato pelo comentário amiga Edith.

    """"Muitos colegas fazem comentários e estes não retornam automáticamente à minha caixa de entrada do GMail.com 

    Desta forma em perco a oportunidade de agradecer"""

    Por isto estou correndo por todas as minhas publlicações para agradecer àqueles que comentaram.

    Permita-me um causo: Participava de um site de poesias e lá até fiz uma assinatura para ter um Blog pessoal.

    Lá no site muitas publicações,algumas Poesias com muitos erros de português,sofríveis mesmo, eu até entendo, pois já cometi alguns. Era demais, e, em certos casos, com cuidado eu dava um toque. Bem, havia alguns membros que ao comentar uma publicação minha,imediatamente, e indicavam suas publicações para que eu lesse e comentasse.Pode isto,claro que não.

  • Gestores Adm

    2387707446?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP