Inspirações

Habitante da lembrança

3557890476?profile=RESIZE_710xHabitante da lembrança

Inocentes e, infantilmente, puros
São os olhos de uma criança ao ver flores.
Pega – as , mesmo que o espinho cause furo
Cuida satisfazendo seus candores.

Sua pureza e imaginação é infinda.
No jardim de sua memória existe
Canteiros com mil espécies lindas
Conjugada ao sonho que persiste.

O seu mundo abstrato é colorido
Seu olhar brilha de felicidade
Pelo pouco que tenha adquirido
Infância, lembro, com grande saudade

Cresci, mas não abandonei a criança
Habitante contente da lembrança.
Márcia A. Mancebo
( 15 /09 /19 )

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP