Inspirações

MARIA!!

MARIA!

Num límpido dia de sol a chuva cai.
Acaricia serenamente as flores; a grama.
Suavemente uniu-se a tímida lágrima
Que independente do querer escapa dos olhos.

Caminha carregando: Angústia, dor e medo.
Com passos vacilantes mira a grama madura
Que parece saltitar pelo banho inesperado.
Mesmo na aflição olha a paisagem com ternura.

Segurando coisa alguma abraça seu peito
Como quem tem medo de perder algo precioso.
O vestido branco e fino aperfeiçoa seu corpo esbelto.
Vez por outra engole um soluço alto.

Sentindo a vida iníqua deixa-se cair no chão de argila,
Ainda abraçando-se soluça sem excesso de amargura,
O sol sai forte, caída brilha na grama a rubra pétala
Afrescada pela chuva oportuna; de cura!

A brisa morna trás o sibilar do seu nome: _Maria!
Com o coração aos pulos e olhos de alegria
Volta-se para o caminho percorrido. Pensa sonhar...
Arrisca-se! Corre para seu bem querer encontrar.

Luly Diniz.
29/11/18.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Luly Diniz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Linda composição, poetisa... Aplausos!

    • Obrigada por vir ler e comentar o que escrevi Alcebias,

      feliz em ter sua presença.

      Abraços.......

  • 182522939?profile=RESIZE_710x

    • Boa noite Marsoalex, obrigada pelo destaque.

      Abraços..........

      183452276?profile=RESIZE_710x

  • Maravilhoso poema,Luly!

    Parabéns!!!

    • Obrigada poetisa, prazer enorme ter sua presença.

      Beijos com meu afeto,

      183427682?profile=RESIZE_710x

       

This reply was deleted.
CPP