Inspirações

No rodapé dos sonhos

Em momentos imprecisos imagino
As teclas marfins por onde percorro
Terra perfumada onde busco socorro
Sementes que escapam do cansaço

Crescem em busca do sol
E das outras notas que transformam
Irritação e frustrações em palavras
Pensamentos únicos que se tornam multidões

E em coro sofrimentos do ontem
Se unem e nos fazem resistir a força do vento
Berros que evaporam rodopiando em lágrimas
Retornam em tempestade refazendo o sentido das veias

E quando a dor se transforma em Oração
Os joelhos se afastam do chão
E percebo que tem apenas uma única intenção
Transformar a força de minha fé em canção

E eu acredito não tem como ser diferente
Os que pintam de sorte chamo aprendizado
Meu coração canta declama me faz motivado
Me faz sorrir crer ser um pouco mais gente

Que se espalhe a semente
Que desmoronem os muros da intolerância
Cada um que criamos em nossa mente
Reconheçamos onde se esconde a arrogância

Que Deus nos abençoe
E suavize os versos de nosso Poema

Carlos Correa

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP