O meu verso...

O meu verso...

O meu verso..

O meu verso vem de longe e afinado
Traz do pássaro o seu belo cantar
Que ao ver os botões lindos enrolados
Num tosco galho, todo desbotado,
Irão brevemente desenrolar
E as flores ganharão cores, e a lida
É feita de poesia e fantasia
Pois, o poeta contente a vê linda!
Dirá que viver é tal alquimia,
Ao dar sentido ao sonho embala a vida.

Márcia A Mancebo

23/08/2021

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    9531820263?profile=RESIZE_930x

    • Lindo demais.... adorei!!!!

      Edith você dá vida aos meus escritos.

      Obrigada amiga querida.

      Bjsss

This reply was deleted.
CPP