Os Espinhos da Imortalidade (POEMA)  

 Resultado de imagem para espinhos da vida

Os Espinhos da Imortalidade 

 Imortalidade

Presumida, pressentida, ungida

Turbina-se nas almas gêmeas

“A Crença e a Fé,”

... ressalva-se, urgida

 

Lindos cisnes no lago, macho e fêmea

Na pintura a Arte, veste-se angelical

E a Luz expia a Mulher, Eugenia

O prumo da criação celestial

 

A Vida depõe em...

Acorrentamento, derrogação

Ordenamento, remissão

Façam, Anjos na lira, a canção

 

 A Vida repõe em...

Instintos folclóricos, a moção

Extinguem-se teses, a punção

Faça o arcanjo na harpa, a unção

 

Vida segredos perceptos , é  Ter

Dúbia magia, dúbio encanto, é Haver

Dublar distintos sons, é  Padecer

 

Desarmem,

Compressão, opressão, obsessão

E na dimensão Viver, provação, ovação, oração.

A  Vida é indelegável, amoral

A Vida é sustentável, imortal

 

Viver a Vida, e Vida que

Envida o ministério, pois

Carregam-se os pesos

Na balança de pratos, dois

 

Bendito Espinho na carne

Quem não o sofreu na alma

E  Arrebatou Morfeu com paciência

Regozijou as manhãs, em complacência

Olhar reto instigante, não feneceu em rito

No crepúsculo da carne, A Vida, Alvoreceu em Espírito

 

Fim

Antonio Domingos Ferreira Filho

ANO DE 2013

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    1057138176?profile=RESIZE_710x

  • Poeta, sempre é bom comentar e receber comentários!

    Eu, particularmente, gosto de comentar e de receber...

    Às vezes não temos tempo disponível para ler todas as

    poesias postadas e ainda fazer comentários... O que der

    para fazer que façamos, mesmo que corramos riscos...

    Gostei muito do seu poema, bem escrito e de uma profundidade

    mística, espiritual que me causou um misto de tristeza e alegria

    nesse momento final da vida! Grande abraço!

    • Estimada amiga e Poetisa Mena.

      Concordo plenamente com suas colocações em ler e comentar. É muito óbvio para mim que não conseguimos ler e comentar todas as publicações. O Pessoal aqui no CPP publica um volume significativo de obras. A qualidade das obras é de alto nivel.

      Gosto de comentar o que leio, é uma forma de eu aprender com àquela obra.

      Já me fizeram observações de que às vezes comento de forma poética, nada mais que faces de meu perfil.Eu sou um homem falante, contador de piadas e desta forma ajo da mesma forma escrevendo.Veja bem, que já escrevi bastante.

      Sou um Bipolar de fato e doentio, faixa preta.

      Grato mais uma vez por sua deferência.

      Tenha um bom final de semana.

      Abraços,Antonio

       

       

  • Ao contrário do que muitos pensam, comentar os amigos de letras não é um castigo, comentar não dói, e não arranca pedaços! A leitura promove diversão, pois quem lê é levado a lugares que não poderia ir “com as próprias pernas” O nobre poeta antonio domingos ganhou minha simpatia com sua atenção e comentários honrosos aos seus companheiros de letras. Somos todos anjos com uma asa só; e só podemos voar quando abraçados uns aos outros. Parabéns por suas notórias interações, e parabéns e aplausos ao seu belíssimo texto (Os Espinhos da Imortalidade) Abraços!

    • Agradecido amigo Sam Moreno.

      Comentários são riscos que corremos por uma possível mál avaliação e erros..Não sou um crítico literário,sou um poeta amador.Nâo exiiste qualquer Poema que não mereça um comentário por mais simplório que seja. Quando observo uma publicação sem qualquer comentário,eu de imediato, leio e comento.É de ficar na dúvida e triste: Não leram? Ou leram e não comentaram. Receber um comentário em nossa publicação é deveras estimulante.

      É uma forma de respeito à quem faz parte de um todo do Grupo. Lendo a gente aprende e como a gente guarda no insconsciente ensinamentos de valores maravilhosos.

      Compreendo que muitos colegas estão assoberbados com outros afazeres, trabalham, cuidam do Lar, dos Filhos menores e por aí vai, e por isto ficam prejudicados em mais e melhor participar.

      Poucos minutos atrás comentei um Poema de Frederico da Costa, se não me falha a memória. Poema sofisticado, erudito,rico vocabulário"Não desiti"Fui ao dicionário averiguar tres palavras que não conhecia. Li, reli, reii *E) arrisquei um comentário.

      Feliz com seu valioso comentário o que me proporcionou de certa forma desabafar certas questões.

      Abraços

      Antonio Domingos

  • Primeiramente obrigado de coração.

    Perfeitamente, tem sentimentos espirituais nos versos.e em minha alma,

    Amiga Lilian. Não sigo nenhuma religião.Creio que agnóstico." se há um Deus, não conheço"Porém, sou um fervoroso por orações_Mas a que Deus me dirijo em orações "Á um Criador, Meu Criador que não conheço e não sei quem é. Bem. Nós sabemos dos efeitos positivos das orações  de Fé. Agora sim: Tem de ter Fé e nela avançar.

    Atenciosamente Amiga Lilian, lisonjeado sem ter os seus preciosos comentários.

    antonio domingos

     

     

  • Poema fecundo e com um grande enfoque espiritulista que nos leva a refletir sobre nossas provações, intenções e buscar assim reparações e superação.

    Leitura de muito bom gosto se faz aqui,

     

    Grata e feliz dia.Abraços

This reply was deleted.
CPP