Inspirações

Gestores Adm

Passarinho encantado

Passarinho encantado

Se chora enquanto canta,
o passarinho encantado,
toda a natureza encanta,
esse seu cantar chorado.

Quando o homem lhe escuta,
pasma e fica admirado,
o seu ser em graça exulta,
também chora emocinado.

E o canto do passarinho,
corre o céu cortando os ares,
chora a fome e o descaminho,
e o amor em muitos lares.

Chora a seca do sertão,
e o boi que já morreu.
O berrante que o peão,
sem ter força, emudeceu.

Chora a terra esturricada,
e a tristeza da criança;
faz da fé sua brigada,
canta e sonha a esperança

Chora a Pátria governada,
por quem rouba em nossa cara,
jogo de carta marcada,
sobre a fé que a gente embala.

Edith Lobato

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Realmente, é uma mestra da poesia! Lindo

    poema, rimas perfeitas, ritmo gostoso de ler

    e escutar... Bjs.

  • Realmente uma poesia lindissima meus aplausos...

  • Mil aplausos.

    Um abraço,

    Adriano

  • Amo vim aqui te ler te visitar 

  • Um bom dia querida amiga com poesia abraços 

  • Brilhante belíssimo poema 

  • Belíssimo aplauso abraços 

  • Fenomenal aplauso abraços parabéns poetisa 

    Abraços 

  • This reply was deleted.
  • This reply was deleted.
This reply was deleted.
CPP