Inspirações

PEÇO UM ABRAÇO

Peço um abraço

E se concordar não disfarce

Abrace

 

O abraço pode ser o alvoroço do pecado

Porém inefável é a versão mais plural de Deus

Ele alcança dois corações em estado de graça

E os molda e zela como se a sorte os selasse

 

Mas se houver ausência

Deixa que o silêncio replique

Pense como se fosse e sentisse

 

Pode ser ao deitar-se

Ou se acordar e lembrar-se do desejo meu

Que lhe abraçasse antes que dormisse

Deixa que esse sonho nos enlace e embale nos braços

Como se a um passeio levasse

 

Abraçar faz a saudade cingir um só espaço

Porque cada abraço é uma prece

Onde amar acontece

 

PSRosseto

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Paulo Sérgio Rosseto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP