Inspirações

Poesia e Sabão

 
 
 
3708264080?profile=RESIZE_710x 
 
 

Poesia e Sabão

 

Logo pela manhã ao acordar

Dou uma espreguiçada daquelas

Esfrego os olhos e olho para janela

O dia vem sorrindo e me espera

Levanto rapidinho e sou a primeira

Saio serelepe e toda faceira

Corro para um banho gostoso tomar

A água morninha vai meu corpinho limpar

Ensaboo bem, e brinco com espumas de sabão

De manhã não lavo os cabelos não! 

Despois escovo meus dentinhos

Vou me vestir e pegar minha mochila

E não esqueço o meu lanchinho

Um lacinho nos cabelos, eu arrumo

E assim, vou cantarolando pelo caminho

Sigo para escola, de encontro ao meu futuro.

 

 

 

 

 

 
Lilian Ferraz
11/11/2019
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Ternamente lindo, Lilan! Adorei!

    • Muito grata, Marso.

       

      Bjs

  • Que fofura  de poema, Lilian!

    Eu adorei  a leitura.  Voltei no tempo .

    Parabéns querida amiga. 

    Bjs

    • Obrigadinha, carissima. bjs

    • Muitissimo obrigada, Safira. Amei a formatação. Bjs

  • Tem coisas do tempo de escola que deixaram marcas na memória. Eu amava tanto a matemática que fiquei decepcionado quando não recebi uma nota máxima em uma prova porque havia errado em um simples detalhe. Poetisa Lilian naquela época não tinha bullying, a gente costumava dizer que era zoeira. O tempo passa, as pessoas mudam, os momentos também, mas as lembranças permanecem. Seu texto me fez viajar em um tempo que eu era feliz e não sabia! Deixo aqui os meus cumprimentos.

    • Olá, Sam. Fico muito agraciada pro sua visita e feliz por trazer a tona boas lembranças. Bjs

This reply was deleted.
CPP