Inspirações

QUANDO A FALSIDADE TRANSBORDA

 

Nenhuma pessoa consegue ser tão

dissimulada ao ponto de esconder o seu

verdadeiro ser. O Espírito Santo revela o

que a carne não consegue ver.

 

É a nossa obrigação ser sincero, isso

não deve ser motivo para se vangloriar.

Quando surge uma reunião de escarnecedores

não devemos participar.

 

É horrível conversar com alguém tendo sempre

que prestar atenção se a mesma não está a nos

testar. Quando a conversa é sadia, queremos

parar o tempo para ela não acabar.

 

Um sorriso ou um abraço sincero

podem tirar alguém da sofreguidão.

Bem diferente daqueles que abraçam

com um punhal na mão.

 

É , também; através da sinceridade

que nos aproximamos de Jesus.

Falsidade é o antônimo

de Filho da Luz.

 

Eduardo Samuel Ferreira

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Eduardo Samuel

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP