SAUDADES!

SAUDADES!
Fico horas e horas a olhar aquele
relógio ali naquela parede.
Cada minuto que passa e uma lagrima
que cai banhando meu rosto.
Fico aqui a pensar nos bons tempo quando
podia sair de mãos dadas a passear pela
pracinha do nosso bairro.
Tudo tão singelo dois seres que se amavam
e admiramos as coisas mais simples.
Hoje vejo tudo tão distante nem parece que
fomos tão felizes.
E eu aqui com meus pensamos só olhando cada minuto
que passa e minha saudades aumentando.
Como pode... Saudades!
Eudalia Martins

Resultado de imagem para +Imagem de um relogio na parede

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Eudalia

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Querida Eudália, a saudade às vezes maltrata... belos versos, parabéns!

    • Boa noite Marcos

      bom te ver aqui obrigada abraço...

  • Bela recordação!   Parabéns amiga querida.

    bjs

This reply was deleted.
CPP