SIMPLES

SIMPLES

 

SIMPLES

É olhar ao redor e respirar fundo.
O universo todo está em mim.
Eu sou partícula de sua infinitude.
E ele cabe em meus versos sempre e amiúde.

Trago no peito o magma do mundo
A exalar aos dedos de minhas mãos.

Se em um momento de descuido o vento tocar as cortinas
E me trouxer suave brisa de inspiração.

Em um gesto simples de aceitação
Entrego o corpo, a mente e o coração...

E eis que toca-me a epiderme da alma
E me fecunda de poesia,
Registrando em uma psicografia
A voz do vento extremada de paixão.

Nina Costa, in 26/05/2020.
Mimoso do Sul, Espírito Santo, Brasil

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Nina Costa

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Maravilhoso!!! Parabéns Nina!!! 

    • Que bom que apreciou, amiga!

      Bom dia!

      Beijos!

      Nina

This reply was deleted.
CPP