Alagados

 

3856044986?profile=RESIZE_710x

*

 

Fevereiro, verão
Chuvas da estação
Cidade embaixo d'água
Desolado segue o cidadão

 

Ruas alagadas
Rios transbordando
O trânsito parado nas avenidas
O céu continua chorando

 

Águas seguem, sujas
misturadas com todo o resto
Lama e caos.
Dia útil que assim inicia
A semana na grande metrópole

 

Rotineira cena
De todo começo de ano
Faltam ações preventivas
Que evitem tantos danos

 

Bolsões de água
Nuvens escuras pairam sobre a cidade
Falta prevenção e conscientização
Calamidade!

 

 

Lilian Ferraz

10/02/2020

 

 

 

 

 

* Crédito da imagem: Estadão

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Extremamente oportuna, Lilian.

    E com inteira razão, quando clama por prevenção e conscientização.

    É o alerta social, em poesia. 

    • Realmente, poeta. A cidade padece todo inicio de ano com chuvas, falta planejamento governamental para evitar tantos trasntornos, também falta a muitos conscientização. Grata pela sua apreciação. Boa semana. Abraços

  • Gestores

    Muito pertinente teu texto Lilian!!!

    Infelizmente esse é um problema que ocorre devido a n motivos e

    que ainda demorará muito tempo e educação para ser sanado.

    3700934275?profile=RESIZE_710x

    • Muito grata Angélica, e de fato, há  anos a cidade carece de melhorias que impeçam tais situações, enfim, vamos seguindo. Um grande abraço

This reply was deleted.
CPP