Gestores

Triste Adeus

8437819293?profile=RESIZE_710x

 

Triste Adeus

 

Ah!!!! Que dor é essa que flui por todo o meu corpo

e dilacera meu apaixonado e fraco coração,

como que transpassado por uma adaga cruel!?

Parece que me falta o ar. Tudo é sufocante.

Não consigo enxergar teu sorriso lindo.

Não consigo sentir o teu perfume suave

Que tanto me inebriava e me enfeitiçava.

Não consigo sentir o calor que emanava

De seu corpo quente quando junto ao meu.

Ah! Como pôde levar-te a vil  e tola morte!?

Não suportarei tanta dor!

Não saberei viver sem sentir teus beijos, teus lábios.

Sem ouvir tua voz meiga a dizer que me ama eternamente.

Ah! Que dor insuportável é essa!?

Que se entranha por todos os poros de meu corpo

e faz com que nem sinta mais minha própria vida?

Ah! Meu amor! como suportar tamanha dor?

Como prosseguir sem tua mão a me guiar?

Como deixa-la partir? Não posso suportar sua ausência.

Leva contigo meu sopro de vida. Morto estou.

Pois sem teu amor não há mais frescor.

Não há mais lua encantada. Canto de pássaros.

Tudo se foi... tudo se perdeu... e só restou eu e essa dor...

Essa dor dilacerante que rasga meu coração e se esvai

Em lágrimas de fel por um fim triste e cruel!!

 

Maria Angélica de Oliveira

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

Angélica

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Adeus, despedida, separação é sempre triste.

    O seu texto retratou a dor do sentimento fortemente e não expressa na tela, na minha opinião.

    Resumindo, valeu o seu poema como tema.

    • Gestores

      Obrigada Margarida querida!

  • Angélica um tanto triste

    mais muito bem escrito parabéns...

    • Gestores

      Obrigada Eudalia querida! 

  • Perfeita obra, inspiração tristonha, num enfoque que deu vida à tela, diante dos sofríveis sentimentos... Amei ler-te... Aplausos mil... bjs

    • Gestores

      Obrigado pela visita e comentário! 

  • Lindo e triste amiga!

    Meu abraço apertado e carinhoso

    • Gestores

      Obrigada Ciducha por sua carinhosa visita.

       

  • Angelica

    Atala foi sepultada em 1808

    e a pintura ficou perfeita

    muito embora perder um ente querido dói na gente independente do ano ocorrido

    bonito e triste, mas é a realidade.

    parabéns

    Davi/Guardião do amor

    • Gestores

      Obrigada Davi pela visita e gentil comentário!

       

This reply was deleted.
CPP