Uma carta para mim mesma

Uma carta para mim mesma
Uma carta pra mim mesma 
Querida eu
Hoje te escrevo
Para desculpar-me
Por ter sido tão cruel
 
Perdoe-me por não ter sido egoísta
E esquecido de você
Por ter te magoado
Não a deixando viver
 
Você era tão feliz
Até seu grande amor partir
Te isolei do mundo
A fiz chorar em vez de sorrir
 
Perdoe- me por ter sido tão ingrata
Com você
Quem mais precisava de mim
E fui capaz de esquecer
 
Na tentativa de agradar a todos
Acabei por te limitar
Destinando tempo aos outros
Quando a você deveria amar
 
Tentei esconder a dor
Que a fazia sofrer
Te tornei infeliz
Quando a impedi de viver
 
Perdoe- me por ter sido
Autopunitiva
Dura e inconveniente
Por ter te magoado
E ter sido tão exigente
 
Perdoe-me
Por ter desistido
De quem mais precisava de ti
Eu mesma
Que parecia distante
Mas sempre esteve aqui
 
Perdoe-me por ter sido tão incompreensível
Grosseira
E insensível
 
Por ter te distanciado
Das pessoas
E do mundo
Por causa de um fiasco
Sentimento moribundo
 
Errei comigo mesma
Por medo de errar com o outro
Destinando-me a uma vida miserável
Vivendo com tão pouco
 
Machuquei justamente
Quem menos merecia
Eu mesma
Minha própria companhia
 
Perdoe-me
Sei que eu destruí sua vida e
O sonho de um futuro brilhante
Fui hipócrita
E fiz escolhas errantes
 
Não tive amor próprio.
Com sentimentos forjados
Quis me preencher,
Mas aquele vazio
Pertencia a você.
 
Desculpe-me por tanto te fazer sofrer
Sendo altruísta
Amando os outros mais do que a você
Mas deixo-te uma dica:
Um eu egoísta
Precisa urgentemente aparecer.
 
Você é sensacional
Mas precisa melhor se cuidar
Eu sei! Sua mente é confusa
Mas por favor, não deixe de se amar.
 
Continue doce como é
Sensível e compreensiva
Não espere tanto dos outros
Lembre-se:
Você é sua melhor amiga
 
Você é autossuficiente
Não precisa de migalhas
Seja resiliente!
Todo mundo falha!
 
Não permitas
Que ninguém a menospreze
Você é muito
Merece tudo que se preze
 
Merece o mundo
Com esse seu coração incrível
Merece realizar todos seus sonhos
Apesar do passado terrível
 
Merece um presente
E um futuro promissor
Uma vida digna
A alguém que é
Em si, o Amor.
 
Espero que aprenda
A sorrir
Depois de tanto chorar
Que Seja feliz
E então
Encontre alguém
Para Amar.
 
De sua querida Eu, de 23 anos.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP