Você!

Você!

Quando a noite cai lentamente
As lembranças à tona vem,
Recordo o passado lindamente
Com saudade de um alguém.

Alguém que chamei de amor,
Que fez – me ver a vida diferente
Que tirou do meu coração o amargor
Me transformou em pessoa contente.

Hoje, olho para o céu estrelado
Sinto como tomou rumo meu viver
já não dói a solidão, penso em ti a meu lado
Nunca mais soube o que é sofrer.

Cresci, amadureci e pude entender
que meu mundo não será vazio
enquanto recordar somente você!

Márcia A Mancebo
04/03/2020

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Belíssima poesia!!! Parabéns Márcia! 

    • Obrigada, Angélica!

      Bjs

  • Lindos versos, belo poema de saudade.....recordações do amor....Lindo....

    Parabéns amiga Márcia

    abraço de Antonio

    • Obrigada, Antônio!

      Abraço

This reply was deleted.
CPP