márcia a mancebo (90)

Teu sabor

3713480304?profile=RESIZE_710x
Teu sabor

Teu regaço é meu prado verdejante
Onde deito para o meu descanso
Nele sou tua amada, tua amante
E tu, o meu riacho calmo e manso.

Nossos lábios unem- se lentamente
Em teu corpo deslizo emocionada
Regozijo de te amar ternamente
Contemplo a noi

Saiba mais…

Ciclo

3702265468?profile=RESIZE_710xCiclo 

Veio o orvalho, matou a semente.
 O sol em seguida o secou.
 Entardeceu e a noite o céu adentrou.
 A saudade fez ninho aconchegante.
 Não adormeci. 
Deixei os sonhos me levarem. 
Esperanças renascerem 
Cansaço, eu não senti!

Márcia A Mancebo

Saiba mais…

Enganada

3695828592?profile=RESIZE_710xEnganada

Você roubou meus belos dias
Iludindo- me que me amava
Levou meu sonho, minha fantasia
Na noite que eu te esperava.

Do meu céu encheu de escuridão
Com um punhal minha vida tirou
Foi traiçoeiro ao meu coração
Hoje, sou sombra. Você me tornou.

Com

Saiba mais…

Não creio...

3681673802?profile=RESIZE_710xNão creio....

Não creio que o poeta é um fingidor.
Com lirismo escreve lindas poesias;
Seus olhos brilham ao dizer do amor,
as mãos tremem ao relatar a agonia.

Grita, por enorme desesperança
sem direito a esperar qualquer ventura.
Condena — se vive

Saiba mais…

Sou poeta!

Sou poeta!

Não me julgue pelo que escrevo. Sou poeta!
Digo o que intui a inspiração num pensamento,
numa gravura...sempre a saudade completa 
São frutos dos meus sensíveis sentimentos. 

Sou muito alegre, não sou tristonha
Escrevo das flores do amor.Que

Saiba mais…

Quando...

Quando...

Quando reténs as minhas mãos nas tuas
Inebrias - me de anseios profundos
Sigo por chama ardente do meu mundo
Um mundo solitário onde  flutuas.

Fico em silêncio, me vejo em teus braços
em intérminas horas de carícias
Ah! Teu regaço é feito de

Saiba mais…
CPP