Gestores

Zignobel in: Zstradas ZKovidianas

 
 

4363464955?profile=RESIZE_710x

Zignobel in: Zstradas ZKovidianas

Caminhando sempre com o seu Cajado - isto quando não voa - É alado, ora vemos Zignobel na Estrada - numa delas -

já que são múltiplos os Caminhos e Estradas em verdade à Todos, que se destinam para a certa Eternidade.

Uma voz ecoa na mesma, Dialogando com o silencio reinante que ouve e fala, e certamente com Zignobel,

que muito diz sem falar nada. Talvez seja a voz do próprio Tempo... - Ou talvez seja a Voz da Mãe Estrada: 

Porque estás a sós na Estrada?

Teu destino é ao acaso o infinito?

Porque caminhas alegre e dançando?

Será porquê vislumbras ao longe

adentrar um Mundo melhor e bonito?
.

Será que a Estrada de tua vida

esta que a sentes e vê florida

no mais são pensamento e juízo

onde as utopias todas acontecem

se destina ao sonhado Paraíso?
.

Ou será que pela maldade humana

a Estrada é um florido holograma

onde o seu fim e destino eterno

ao invés do almejado Paraíso

tenha como destino o inferno?
.

Nisto se ouve a voz de Zignobel, que mesmo nunca se sabendo o que sente, se mostra sempre sorridente.

E assim responde à Voz que o acompanha, no topo de uma montanha: 

Ah - Sinto as Brisas no rosto

e a Voz da Natureza com gosto

que tanto tanto me apraz

dizendo que se houver inferno

o Homem mesmo é quem o faz!
.
Agora somem o Kaminhant e a alegria, mas sua passagem por essa Estrada,

fica indelevelmente aqui registrada, na mesma Folha que advinda dos ares pode se ler:

Zignobel passou por aqui: --- Eu vi!!!

Z K

-------

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP