Poesias

CLAMANDO

CLAMANDO,

de E. Rofatto, por ZKFeliz

Tanto sol de suas pálpebras acordando!

Os dias começando como domingo
Abraçando alegria no colo da tua cozinha
E dos teus talentos o amor se nutrindo.

O fogão vaporando aroma e carinho,
Sua figura pondo em festa o futuro,
E a vida seguindo a luz do teu olhar.

Doravante, suas pálpebras dormem... “Mãe, ô mãe?”

.

PS  - minha gratidão ao Zeka, meu amigo, cuja vocação e sensibilidade confirmam-se, mais uma vez, nessa locução que muito me honra.

(https://onedrive.live.com/?authkey=%21AO1xZ_0OaD-6KKU&cid=047F5D03F3B32595&id=47F5D03F3B32595%21363&parId=47F5D03F3B32595%21360&action=locate)

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

E. Rofatto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Belíssimo tributo ao talentoso e respeitado Zeca menino de muito bom gosto escrito. Caríssimo poeta Rofatto- estou sentindo a falta do seu barco ancorado em minhas acanhadas ilhas!

    • Sim, Sam, o Zeka é mesmo um poeta de talento e de respeito - uma inspiração para todos nós!

      Meu barco tem andado devagar - ou será o tempo que tem corrido e não consigo acompanhar? 

      Sua ilha, com certeza, está no meu roteiro de viagens, Sam!

  • Muito bom! A paz.
    • Grato, Eduardo! Fico feliz que tenha gostado!

  • Soberbo. Aplausos meus poeta

    Abraço fraterno

    FC

    • Grato, Frederico! Sua generosidade me lisonjeia! Um abraço!

  • Parabéns, poeta amigo, belíssima homenagem, adorei. O Zkfeliz é um ser ímpar, fenomenal. Sou fã de vocês. Abraços, paz e Luz!!!

    • Grato, Ilário! E eu sou fá de vocês dois também! Um abraço!

This reply was deleted.
CPP