Inspirações

Meu namorado

 
Meu namorado
Ciducha
 
Nasce um poema   
meio triste e reticente
impertinente
vem chegando de mansinho
nas asas da saudade
que eu sinto do meu amor
há tanto tempo distante, isolado
meu namorado...
 
A lua abona meu verso
expõe meu reverso
de tantas luas felizes que vivi
e de repente o destino
quem sabe, insatisfeito comigo
chegou arrogante e sem pesar decretou:
 O fim chegou e ponto!
 
Mas ele não me ensinou
a aceitar o seu decreto, irrevogável
por isso minh'alma nivela nessa saudade
de quem foi e será sempre tão amado,
o meu namorado...
 
Ciducha Seefelder
 
 
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    Realmente, Ciducha, algumas coisas na vida temos que aprender a duras penas.

    Aplausos pelo lindo poema.

    • Obriogada pela leitura Edith

      Beijos

  • Gestores

    Um bem vivido e edificado no coração a saudade é como um marco e nunca um ponto de interrogação. Lindíssimo, Ciducha!

    • Obrigada Marso pela leitura

      Beijossssssssssssssssss

    • Obrigada pelo carinho,Frederico!

      Beijosssssss

  • Gestores

    É como diz a letra Ciducha: Tô com saudade de tu, meu desejo. Tô com saudade do beijo e do mel. Do teu olhar carinhoso, do teu abraço gostoso, de passear no teu céu. É tão difícil ficar sem você. Aquele que não tiver  qualquer tipo de saudade atire a primeira pedra. Abraços amiga poetisa.

    • Obrigada querido amigo pelo carinho e incentivo

      Beijosssss

  • Gestores

    Muito, muito especial esse seu namorado. Primeiro por ter sido seu namorado e depois por receber um poema tão lindo como esse.

    • Obrigada Margarida querida

      Beijossssssss

This reply was deleted.
CPP