Poesias

Adm

Relembrar

Relembrar

De novo sentada perscruto o horizonte,
o peito estufado de imensa saudade,
velando tua ausência que a bem da verdade,
constante pressente teus passos na ponte.
Eu vivo a pensar e me perco defronte,
daquelas lembranças da gente ao luar,
dos nossos sorrisos na força do olhar.
Amar desse jeito por tempo sem conta,
é não saciar o desejo que afronta,
o amor naufragado nas ondas do mar.

Edith Lobato - 30/10/17

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –
Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Beleza pura excelente ameiiiii
  • Esplêndido amei fantástico aplausos mil
  • Edith que composição mais linda!
    Os versos brincam com as rimas e nos encantam com suas lembranças!
    Gostei demais!
    : )
    • Adm

      Obrigada Elaine pela tua apreciação e pela leitura. Fico gratificada por teres gostado.

  • Vou usar uma expressão sua, cara Edith, quando se defronta com uma poesia belíssima. Uaaaauuuu. Adoro contrastes bem construídos. É o caso de um amor que naufraga no mar revolto, mas continua vivo, não esquecido, a alimentar a saudade do poeta. Perfeito.
    • Adm

      Francisco, é um imenso prazer receber sua apreciação ao meu trabalho. Obrigada.

    • Adm

      Obrigada Marso pela arte do dueto, daqui a pouco vou postar no grupo.

    • Adm

      Obrigada, Marso pela tua leitura.

This reply was deleted.
CPP