Gestores

A Cachoeira

PLiv

z

A Cachoeira

I
Poetas que das letras fazem Poesias
acasalando cada espinho com a Flor
revesando as tristezas co'as alegrias
sempre fazendo a apologia do AMOR
II
Se virem uma Cachoeira na Estrada
com suas águas indo às profundezas
talvez nem notem a imagem dua Fada
que um Poeta enalteceu suas belezas
III
Não se fiem em sua beleza aparente
no seu fulgor resplandescente eterno
foi ela quem deixou o Poeta doente
IV
Ela é mais fria do que Todo o inverno
talvez até seja a tal Leviatã serpente
Foi ela que atraiu o Poeta ao inferno!
<<<=>>>
180917 - Z (ArtImag by: Livita)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns, poeta amigo, poema lindo, primoroso, adorei. Você é muito criativo. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores

    3683482?profile=RESIZE_1024x1024

  • Sempre estrondosos seus textos amigo Zeca

    - Um banho de cachoeira para retemperar a vida...e a poesia

    Meus aplausos amigo

    FC

  • Gestores Adm

    Uauu! Que lindo!!

    Desejo que te cures do feitiço.

    Vou torcer pra serpente não morder a perna de cripto.

    Lindíssimo soneto.

    Destacado!

  • Gestores

    Adorei a cachoeira!!!!

    Então a Leviatã é uma serpente?!

    Parabéns, meu principe, bela imaginação!

    Beijinhos

    3683371?profile=original

  • Gestores

    3683354?profile=original

This reply was deleted.
CPP