Contemplação

Pudera afagar as sombras;
Se delas brotassem o calor
Do frescor da tez.
As nuvens alcançaria
Num tênue gesto
De erguer as mãos.
Porque o céu se faz
Dum imenso azul por onde
O primeiro homem passou
Deixando rastros de insensatez.
Agora querendo mudar
O destino do mundo,
Se nem ao menos transformou
Seu erros em graça e compaixão.

de Airton Sobreira

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP