Gestores Adm

Desejo

Desejo

Eu quis grafar no branco duma tela,
um grande amor que já não tem mais cura;
que é condenado a morte por censura,
e rasga o peito em dor que lhe flagela.

Eu quis amar e amar, aquela estrela,
com todo o brilho seu, sua candura,
qual flor erguida ao sol em formosura,
amar até meu fim, a flor mais bela.

Eu quis o sonho na fusão das almas,
mas esqueci que a vida tem percalço,
e quando bate, a dor no ímo espalma.

Assim que eu vou buscando a paz, com calma,
dormindo as noites no meu próprio abraço,
pois que viver e crê no amor, acalma.

Edith Lobato - 13/04/16

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Edith, uma coleção de sonetos, cada um mais lindo

    que o outro! Parabéns! É muito bom te ler! Bjs.

  • Brilhante fantástico aplausos bjs

  • Belíssima! Meus aplausos!

    Abraços!

  • Bravo.gifEstou aplaudindo de pé !! Genial

    FC

  • Não sei o que dizer, meiga.

     Além de um grandíssimo e perfeito soneto, belo demais.

     O conteúdo doi, fere...

     Mas com um fim cheio de esperança e força.

     Mais que belo  e bom, minha deusa amada.

     Miles de beijos.

    Bom dia, meu sol.

    .

    cppsucess570x403.jpg

    Destaque61.png?width=721.

    • Gestores Adm

      Obrigada Nieves por sua leitura e por seu carinho que muito me honra. Bjs

  • Sensational, aplausos meus, tem muito talento Edith, bjos.
    • Gestores Adm

      Obrigada Cristina pela leitura e doce presença.

This reply was deleted.
CPP