Gestores

Medos - Medos - Quantos Medos - Parte II

MQm

...

Medos - Medos - Medos . . . . . . . . . . . .

***

MEDOS - MEDOS - QUANTOS MEDOS!!!

.

Até de Falar no Medo...

Medo da Vida...

Da Morte

De ser siempre o que "sem sorte"

Medo da mentira... e da Verdade...

Medo até... - Creiam - da Felicidade!!!

......

VEJAM No Vídeo Abaixo mais sobre o MEDO... MEDINHO

E MEDÃO... - E como - enquanto ainda é cedo...

- Se livrar para sempre do MEDO!!!!!!!

--- gaDs ----

z

z

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    Concordo com Marso, o medo é necessário assim como é o amor, mas se não for controlado pode atrapalhar. Na verdade eu acredito que todo excesso é prejudicial. Parabéns Zeca.

  • Gestores

    Precisamos do medo por uma questão de sobrevivência, mas o excesso de medo pode nos levar a morte.
    Como sempre, menino Zeca, meus aplausos para ti! Bjss

  • Gestores

    3580839?profile=original

    • Gracias por ésta arte preciosa recordando el otoño norte...

      Y a todos-as los que vivimos en éstos espacios.

       Es precioso.

    • Me sumo a los comentarios y percepciones de Mar e Edith.

       Necesario el razonable por pura supervivencia - precaución-

       Mortal, limitante ,castrante,  infernal y enfermizo si es exagerado. Tampoco deja vivir.

       Todo en su justa medida es  lo bueno siempre. 

      El maravilloso término medio.

       3580796?profile=original

This reply was deleted.
CPP