Poesias

NATAL - TEMPO DE REFLEXÃO

                                 “NATAL – TEMPO DE REFLEXÃO”

 

 

Estamos atualmente atravessando momentos, dias e mais dias, de uma forma nunca dantes imaginada.

Parece que não existe, nesse mundo criado por Deus, algo melhor do que maldades, tristezas, fome e mortes desenfreadas.

A inutilidade, que impera no coração dos seres inumanos, faz com que nossa fé num Poder Maior seja posta à provas.

No entanto temos que continuar com nossa fé, acreditando que o que nos espera é algo muito maior e mais digno do que tentam demonstrar esse seres que estão habitando nosso Planeta.

Sejamos fortes!

Sejamos honestos!

Tenhamos fé em Deus!

Tenhamos esperança Nesse, que no dia 25 de dezembro, retorna ao nosso meio para nos mostrar que é possível sim vivermos em paz e felizes.

Talvez o questionamento seja: será que adianta esperarmos pelo Salvador, para que somente através Dele é que conseguiremos alcançar tudo aquilo que esperam Dele os seres humanos?

Com toda certeza, por que à quem iremos recorrer, senão a Jesus Cristo que nos deixou o maior legado de todos, apesar da maioria ou uma pequena minoria, com o poder nas mãos, tentar desviar a nossa atenção para outros interesses?

Somos inteligentes ou pelo menos deveríamos ser, porque temos dentro de cada um de nós algo tão sublime que não existe pecado algum que possa nos levar à perdição.

Levantemos nossas cabeças para seguir o exemplo do grande Mestre Jesus Cristo, que amou e pediu que nos amássemos uns aos outros.

Está mais do que na hora de elevarmos nossos corações e nossos espíritos para Ele e pedir-Lhe que nos ajude e nos direcione somente para o bem, que é o que realmente importa neste Natal.

Vamos ser firmes nos nossos propósitos de igualdade, fraternidade e união e olharmos o outro que ainda sofre todas as agruras que os tempos atuais impõem.

Vamos ser justos conosco e com nossos irmãos, sejam eles de que cor, credo e religiosidade sejam, porque, como nos disse o Criador somos todos feitos da mesma imagem, somos iguais em tudo.

Naveguemos nesse Natal com o coração palpitante de amor, de caridade, de humildade e, principalmente, de fé.

Que todos elevem suas preces Aquele que, ao retornar à todos nós, neste Dia tão especial, o façam com muita dignidade, observando que o mundo não é só o que podemos visulizar, mas à todos que vivem nele e muitas dificuldades atravessam.

Milhares morrem de fome, de sede, assassinados a sangue frio como se meros objetos fossem.

Vamos olhar o mundo com os Olhos de Deus pois só assim teremos paz dentro de nós.

Que este Natal traga muita luz e paz à todos os habitants desse nosso Planeta que chamamos Terra.

Feliz Natal!

 

Júlio Cesar Bridon dos Santos – JC Bridon

 

e-mail:   bridon@terra.com.br

 

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    Ah, se cada coração tivesse dentro em si este pensamento, esta reflexão, muitas destas mazelas seriam extirpadas da sociedade.

    Parabéns, poeta pela bela reflexão que nos brinda.

  • Gestores

    Reverncia.jpg

  • O Natal é tempo de reflexão, mas deveria ser todo o ano, mas que seja, de paz, reflexão, e união entre os povos. Parabéns JC. FELIZ NATAL

This reply was deleted.
CPP