Tão Distante

Quanto mais distante,
Mais perto de Deus.
Quanto ao esquecimento;
Uma dádiva perfumada
Com lavanda e pedaços de céu.
Há uma beleza visível
Dentro do invisível;
Assim como uma tristeza pungente
Bem perto da gente; que não se vê
Nas cores mutantes do sentimento.
A luz do olhar se cala,
Sem palavras; selvagem e tão só.

Poema e imagem de Airton Sobreira

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP