Poesias

VISLUMBRE DIVINAL

“VISLUMBRE DIVINAL”

 

Saltei do meu corpo moribundo

e vislumbrei a luz que tanto esperei

uma escada com vários degraus

que me levaria a porta dos céus.

 

Era algo inacreditável

onde outros espíritos guiados por aquela Luz

iriam sustentar e ensinar em outro patamar

esperado por anos a fio.

 

Vi a Luz

o esplendor que dela emanava

e tive a certeza de que o caminho

era aquele que tanto havia sonhado.

 

Um coro de mil vozes

ressoava por toda parte

como que para anunciar

tudo aquilo que ELE nos prometeu.

 

 

JC BRIDON  - JÚLIO CESAR

 

07/11/15

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • O título do poema fala por mim, Vislumbre Divinal.

    Parabéns, caro poeta, Bridon. Genial. Abraços.

  • Aplausos poeta bjs ameiiii
  • Vocês 3 são minha maior inspiração! Não saberia escrever, tampouco poetar, se vocês não existissem. Obrigado de coração. Abraços mil

  • Gestores Adm

    cpppenapoesiamaravaplausos500x345.jpg

  • Gestores

    Como disse Nieves, abençoado sonho, Julio. Magnífico poema! bjs

  • Gestores

    Cristina.jpg?width=721

  • Ter essa vissão não é um sonho...

     Abençõado eres, querido Júlio.

     Beloooooooo

     Beijos grandes.

    SuperdestaqueCPP.jpg

This reply was deleted.
CPP