Posts de Leone Santos (12)

Michele

 

Ao lembrar desgastado das oscilações constantes

entre o nosso convívio

Assumo meu temperamento

sem culpar o signo

Nas madrugas estreladas sob a luz do luar

Me acompanha as cervejas

de mãos dadas ao meu velho sarcasmo

A estima confronta na mais pura frenesi

Aquela tranquila paz que um dia seu beijo me fez,

vinculou prazeres desmoderados

Repenso minha partida

despindo-me da cobiça enfatizada

Nessa mútua desordem,

seguramos uma cobrança

sem condições de arcar a banca

Onde nada mais é impossível

Quanto a destituir o que teu olhar me trazia.

 

Leone Santos

 

02.05.18

Saiba mais…

Prove-me

 

 

Presumo seu perfume à distância

Agrada meu faro, natural fragrância

Nosso elo de fé, atribui que ninguém

Lesionará o domínio mantendo refém

A soma parelha, dois corpos em um

Calor constante evidenciando algum

Indício concreto a toda expressão

Demonstrada no apogeu da emoção

Expõe minha demanda ao ato

Sem me deixar impugnado

Prove-me transcendentalmente

Dos seus dizeres, se faça presente.

 

Leone Santos

 

19.02.18

 

 

Saiba mais…

Máscaras anuais

 

Meado de fevereiro e lá se foi mais um carnaval

Libidinoso para alguns, entretenimento à outros

Realidade de muitos, fantasia de poucos

 

Desdobra-se um ano, mas somente na folia

Se designa a veracidade da maioria, nitidamente

Que em outros dias se camufla disfarçadamente

 

Já discernia sem demagogia Paulinho da Viola

Eu sou assim e assim morrerei um dia

Não levarei arrependimento, nem o peso da hipocrisia.

 

Leone Santos

 

15.02.18

 

Saiba mais…

Geminiano



Entre o céu e o plano solo

Faço o espaço à desfrutar

Onde filho único é anomalia

Almejo tudo no presente

E repugno num futuro breve

Meu desejo é inconstância

Um eixo sustido no prazer

De prazo inacabável

Sentimentos oscilados

Característica inegável

Satisfação, gêminiano.



Leone Santos


17.01.2018

Saiba mais…

Faz sentido

Não será por acidente, nem se prevalecerá Se a razão está clara, quem a interpretará? Um sentido disfarçado, na linha de frente Assimilando o eventual digno ao coerente Ciente do retorno, num efeito boomerang
Saiba mais…

Sem crise

Pode deixar, hoje é a vida que vai me levar
Me expus na jogada, bem disposto a ganhar
Esse plano bolei, então nem vem, que não tem
Informação vindo igual tiro, direcionado pra quem ?

O próprio se enquadra, no progresso sem regresso
Vida avançada, hiperativa e cheia de excessos
Sem crise no pique, disciplina administrativa
Absorvendo conhecimento, que no ato se aplica

Confrontando injustiça, numa fúria ambiciosa
Se a realidade não alterou sua ideologia até agora
É porque talvez, o seu mundo seja cor de rosa

Sistema bruto, processo lento, me fortaleci na dor
O tempo passou a vida mudou e revi meu valor
Conhecimento se multiplicou, estimulando meu vigor.

Leone Santos
04.04.2017

Saiba mais…

Ansiedade

Um mundo que eu desconhecia

Veio de brinde, tornando a vida sombria

Olhei ao redor, bateu uma fobia

Repentinamente, fiquei surpreso

Tensão muscular, a cabeça em peso

Persistir no confronto contra o desequilíbrio

Mantendo a sobriedade do meu raciocínio

Meu ego reduzindo e o terror a sucumbir

Inquietação se inteirando ao desejo de sumir

Clamando aos céus, Me ajuda Ó Senhor ?

Angústia me assola e o processo é de dor

Em tempo de cura, fiel ELE se fez

Minha Fé revigorou, junto a lucidez

Ansiedade maldita, vá embora de vez

Janela da paz estreou meu alívio

Serenidade me acalma, sem extravio.

 

Leone Santos

 

27.03.2017

 

 

 

Saiba mais…

Santo Espírito

Esperança infalível, alertando a minha Fé
Amor incondicional me sustem e põe de pé
Meu porto seguro num refúgio bem presente
Me conhece no oculto, se fazendo Uniciente
Impossível resistir a tua presença, que dirá ao teu chamado
Me consolas-te na angústia e meu coração tem quebrantado
Sopra a Tua paz e se revela em Santo Espírito
Me arranque das tentações, desfazendo os laços do inimigo
Esvazia o meu eu, me completando a Tua essência
A Ti clama minha alma e me acolheste com esselência
De forma inexplicável TU me amas certamente
Ungiu-me na tua unção, bem antes de eu estar no ventre.

Leone Santos

15.07.2016

Saiba mais…

O jogo

Era só mais uma a princípio
Nesse clichê invicto 
Umas externando que eu me acho 
Descendendo meu facho
Mesmos sentimentos 
Mulheres diferentes 
Perco o papel de bom moço 
Já que essa fruta é doce
Comerei até o caroço, 
Carismático e amistoso
Calculista ela elabora sem dó 
Se faz no ato, manipula de có 
Não pretendo uma odisseia
Taca mais um gole de dreher 
Me acompanha nesse clima 
Apenas um toque na matéria prima 
Se eu vou por baixo, ela por cima 
Absoluta realiza como ninguém 
Desejo o melhor que ela tem 
No jogo do prazer descarta o amor 
Sem quebra de trato, nem pressupor
Ela tenta desfazer acordo 
Afirmando total desconforto 
Carinha de anjo, pose de devassa
Deu brexa na dança, eu entro na valsa
Seu corpo despido ocupa meu tempo ocioso
Iludida faz drama, quer interver o jogo 
A regra é clara, nesse caso, se envolver é perigoso
Não ia ter graça, se ter todas elas não fosse gostoso.

leone Santos


24.02.2017

Saiba mais…

Corrupção


Grita a corrupção sorrateiramente, dominando o porta-voz da política
Investindo alienar o discernir dos leigos desinteressados
Na ausência de sabedoria, se presencia o fracasso
E a liberdade de expressão ? Só te faz um acusado
Sistema total burocrático, atalhando a vida do carente
Simplifica para os progressista e a injustiça segue frequente
Deficiência crônica nacional, levando a óbito seu clínico geral.

Leone Santos

21.02.2017

Saiba mais…

Uma história que não vai voltar

Dispenso apresentação de uma velha ilusão
Naquela margem de aparência, linda a minha visão
Se expor ao ringue em que o sentimento, nocauteia a razão
Já soei de bobeira e lutei em vão
Meu jardim secreto num bom cheiro perfumado
Vivi por uma vida numa boa ao seu lado
Ela já se pôs a me fazer por algo bom
Vindo em ritmo sintonizado no meu tom
Retornando entre seus passos de me encantar
Surtei de lucidez em uma história que não vai voltar
Um amor passado hoje é o que te sobra
Na piscina do prazer meu coração aqui se joga.

Leone Santos


23.06.16

Saiba mais…

Machista declarado

Descrever um assunto raro e que poucos sabem
Será o fim de um bem estar ou início de um a la carte ?
Damas aleivosas, me tornaram o que eu não quis
Tentei driblar os desafetos na busca de ser feliz
O irreal que me passaram, transtornaram meus bons hábitos
Precavido no presente, "revivendo" o passado
Sinceridade de lactente, concluí nenhuma tem
Proferido por vulgo machista a lhe habilitar
O que um dia vai, tem sentença de voltar.

Leone Santos

16.02.2017

Saiba mais…
CPP