Inspirações

A DOÇURA DA TUA VOZ

A doçura da tua voz
É feitiço colado em mim
Canção que tanto desejo
Tempestade em minha veia
Suor denso da libido
Vendaval de vermelha areia
Remoinho no deserto
Do coração em devaneio

Eu sou destemido andarilho
Incerto andejo sem eira
Sertanejo inseparável
Da seara do teu encanto
Matuto das velhas minas
Lavrador desse rochedo
Tangido na insistência
De colher esse teu beijo

A ternura fez de mim
Poliglota destas letras
Intérprete dos teus sonhos
Cancioneiro dos teus versos
Aprendi teu idioma
Falando em teus ouvidos
Decifrando teus anseios
E beijando a tua língua
Assim me tornei poeta

PSRosseto
***Do Livro EM ESTADO DE POESIA - 1ª Ed. - 2019

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Paulo Sérgio Rosseto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    3645461218?profile=RESIZE_710x

  • Mais uma nos brinda com um belíssimo poema.  Parabéns, Paulo!

  • Lindíssima Poesia de Excelência.

    Singelo, senti muita paixão em seus versos, com um vocabulário rico em belas metáforas.

    Parabéns Paulo Sérgio

    abraços

    antonio domingos

This reply was deleted.
CPP