Inspirações

Abade de Baçal

Abade de Baçal – Arqueólogo e Historiador

 

N:1865 – F:1947

Ano sessenta e cinco de mil oitocentos,

Mês de Abril, terras de Bragança,

Baçal concretamente, belos momentos,

Como é sempre que nasce uma criança.

Francisco Manuel Alves, fica nos assentos,

Nele se deposita uma grande esperança.

Aos vinte e quatro anos de vida

Torna-se pároco da sua terra natal querida.

 

Assume, até a morte, ser o guia religioso

Das gentes da sua aldeia Natal,

Mesmo depois de convidado para director,

E conservador, do museu regional

De Bragança, hoje do Abade do Baçal,

Ao qual dedicou uma vida de amor.

Nomeado em mil novecentos vinte cinco,

Autodidacta, pitoresco, rústico e erudito.

 

Recolheu elementos arqueológicos,

De Trás-os-Montes, principalmente

Da sua Bragança, registos históricos

Que nos contam a história da sua gente.

Talvez abusasse de métodos alegóricos,

Fazia-o de forma humilde, inocentemente.

Faltar-lhe-ia alguma sistematização,

Associada a fraco poder de interpretação.

 

“Memórias Arqueológicas-Históricas

Do Distrito de Bragança” sua obra capital,

São onze volumes de verdadeiras retóricas

Do verdadeiro amor do Abade do Baçal.

Outras terras lhe deram razões heróicas

Para que lhes dedicasse atenção especial.

“Moncorvo. Subsídios para a Sua História”

Assim ia conquistando lugar na memória.

 

O primeiro, editado ao longo dos anos,

Em mil novecentos e nove se iniciou,

Novas descobertas, novas ideias, planos,

Mantiveram viva tal tarefa, que durou,

Até quarenta e sete, não há aqui enganos,

Mesmo ano que a morte o levou.

O segundo, foi projecto menos afoito,

Publicado em mil novecentos e oito.

 

“Chaves. Apontamentos Arqueológicos”

Mil novecetos trinta e um, foi editado,

Catálogo de manuscritos históricos,

Batalha de Simancas, o acto retratado.

Talvez levado por sentimentos patrióticos,

Mostrou da mesma história, outro lado.

Editado em mil novecentos trinta e três,

Mostrava a raça deste vulto Português.

 

Francis Raposo Ferreira.

07/10/2019

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP